Vereadores de Soledade participaram de seminário em Arvorezinha

Encontro foi realizado na sexta-feira, 12

Por Redação em 16/09/2014

   

(Foto: Jacques Moraes / Câmara de Soledade)
Vereadores de Soledade participaram de seminário em Arvorezinha

Os vereadores da Câmara de Soledade, Juarez dos Santos Knopf (presidente), José Elton de Moraes, João Francisco dos Santos, José Dionei Quevedo Portella e Adão Dorli de Oliveira, participaram na noite de sexta-feira, dia 12 de setembro, do Seminário Técnico de Orientação aos Legislativos Municipais, na cidade de Arvorezinha.

O palestrante Noé Angelo de Mello, advogado, ex-coordenador do Espaço Cidadão da Assembleia Legislativa RS, e assessor da câmara de vereadores de Arvorezinha RS, abordou questões relativas ao controle da eficiência do legislativo acerca da LAI (Lei de Acesso a Informação nº 12.527/2011, e a L.C. 131/2009. Noé destacou que todos os municípios estão obrigados a divulgar em tempo real informações relativas a execução orçamentária e financeira. O palestrante se deteve ainda a normativa do TCE que instituiu o prêmio Boas Práticas de Transparência na Internet, cuja avaliação será em cima de 16 critérios.

O segundo painelista foi Edison Imar de Oliveira Mello, auditor público externo aposentado do TCE/RS, economista e professor universitário, que abordou os aspectos inerentes a conduta dos agentes políticos e as finanças públicas. Ele fez questão de ressaltar que numa democracia as pessoas mais importantes são as eleitas pelo voto e que todo o gestor tem a obrigação de agir, pois a omissão é crime.

O evento teve a participação de vários municípios e foi prestigiado ainda pelo prefeito municipal de Arvorezinha e o presidente da Festa Nacional da Erva-Mate. O presidente do legislativo soledadense Juarez dos Santos Knopf do PSB avaliou como positivo o seminário, com palestrantes a altura dos assuntos propostos.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade