Soledadenses são presos por participar de assalto à agência dos Correios em Vanini

Dos cinco assaltantes três são de Passo Fundo e os outros dois de Soledade. Todos já tinham antecedentes policiais.

Por Rádio Uirapuru em 17/09/2014

   

(Foto: Divulgação / BM)
Soledadenses são presos por participar de assalto à agência dos Correios em Vanini

Os cinco homens que assaltaram a agência dos Correios no município de Vanini foram presos em flagrante na noite desta terça-feira, 16, pela Brigada Militar. Os presos foram Jones Ramos de Mello, 29 anos, Gustavo de Oliveira da Silva, 23 anos, Jorge Paulo de Pruença, 30 anos, de Passo Fundo, e Jeverson de Matos Pereira, 26 anos, e Liviomar de Moraes, 23 anos, de Soledade.

O assalto ocorreu por volta das 15h desta terça-feira, quando quatro homens armados invadiram a agência dos Correios, localizada na Rua Duque de Caxias, no centro de Vanini. Os marginais roubaram uma quantia em dinheiro da agência - valor não revelado - pertences de funcionários e clientes, inclusive colete balístico e a arma do vigia.

Os assaltantes fugiram em um I30, onde estava o quinto meliante, levando duas pessoas como reféns. Uma delas foi libertada próximo ao município de São Domingos do Sul e a outra em Dois Lajeados. A Brigada Militar e a Polícia Civil, com apoio de soldados do 3º Batalhão de Operações Especiais - BOE de Passo Fundo, saíram em busca aos assaltantes.

À noite, eles foram localizados no município de Ilópolis, distante 98 quilômetros de Vanini, onde foram presos em flagrante com o dinheiro e os pertences das vítimas. Jones Ramos de Mello, Gustavo de Oliveira da Silva, Jorge Paulo de Pruença, Jeverson de Matos Pereira e Liviomar de Moraes foram conduzidos para a Delegacia de Polícia de Arvorezinha, onde foram autuados em flagrante. Após foram recolhidos ao presídio. Todos já tinham antecedentes criminais.

As informações são da Rádio Uirapuru.

10711567_735112999857181_1966847247_n

10711250_735112996523848_495922177_n

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade