Fiscais cumprem mandado de reintegração de posse em Soledade

A diligência foi cumprida na manhã desta sexta-feira, 3/10, na Rua José do Patrocínio, no bairro Expedicionário

Por Redação em 03/10/2014

   

(Foto: Lucas Bicudo / ClicSoledade)
Fiscais cumprem mandado de reintegração de posse em Soledade

Os fiscais do Departamento de Apoio Técnico da Prefeitura de Soledade, acompanhados do Oficial de Justiça, cumpriram na manhã desta sexta-feira, 3 de outubro, um mandado de reintegração de posse. A diligencia foi na Rua José do Patrocínio, 315, no bairro Expedicionário, em razão do senhor Sebastião Borges Cerino ter construído sua residência em local irregular sobre via pública, sem autorização da Prefeitura Municipal.

Conforme o fiscal Markus Dias, ele esteve no endereço por seis ou sete vezes para entregar a notificação, mas sem sucesso. “Inclusive deixei um cartão com o meu número de telefone e dizendo que poderia ligar a cobrar para nós. Porém não tivemos nenhum retorno dele, foi então que acionamos a justiça, que após realizar audiência, expediu este mandado”, afirmou.

O oficial de justiça, Tiago Zir Friedrichs, disse que também tentou localizar o cidadão, mas não conseguiu encontrá-lo. “Com base na determinação expedida pelo juiz José Pedro Guimarães, viemos até a residência cumprir o mandado de reintegração de posse. Esperávamos encontra-lo em casa, o que não aconteceu, mas como o documento que tínhamos possibilitava que efetuasse a demolição da casa”, ponderou.

reintegracao-1

Os servidores da Secretaria Municipal de Obras realizaram o trabalho de desmanche da residência, onde os pertences do proprietário foram levados para o Parque de Máquinas. Durante o processo de demolição da residência, foi encontrado uma arma de fogo sem registro, e por esta razão, ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) para ocorrência.

De acordo com informações, foi chamada uma assistente social para acompanhá-lo, e ele deverá ficar abrigado provisoriamente na Cresol, localizada na comunidade do Mato Alto.

reintegracao-2

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade