Edson Schroeder presidirá a Avasb em 2015

Eleição foi realizada no dia 17/12 em Soledade

Por Rádio Cristal em 23/12/2014

   

(Foto: Informativo Regional)
Edson Schroeder presidirá a Avasb em 2015

A Associação das Câmaras de Vereadores do Alto da Serra do Botucaraí (Avasb) esteve reunida na noite da última quarta-feira, 17/12, em Soledade, para a eleição da nova diretoria, para o ano de 2015.

O encontro, que não teve grande participação dos vereadores que compõem a Avasb, elegeu o vereador do município de Mormaço, Edson Schroeder, o Cepo, como novo Presidente da Associação. Já o Vice-Presidente será o vereador de Soledade, Sérgio Rodrigues da Silva, o Sérgio do Táxi.

Edson retorna a presidência, e destaca que seu novo desafio será motivar as Câmaras da região a integrar e participarem da Associação. Segundo Schroeder, a idéia é de mostrar aos legislativos que não fazem parte da Avasb, a sua importância para o fortalecimento da região. “Várias Câmaras ainda não estão integradas e a sua participação é imprescindível para que a nossa região tenha uma representatividade forte e participativa”, afirmou.

Composição da nova diretoria da AVASB

Presidente - Edson Schroeder (Mormaço)
Vice-presidente - Sérgio Rodrigues da Silva (Soledade)
1º secretário - Roque de Castro (Barros Cassal)
2º secretário Paulo César Pereira (Tio Hugo)
1º tesoureiro - João Francisco dos Santos (Soledade)
2º tesoureiro - Miguel Campos (Soledade)
Diretor Promoções - Eduardo Zanin (Mormaço)
Dir. Relações Públicas - José Dionei Portela (Soledade)
Cons. Fiscal - titular - Nelson Guterres (Barros Cassal)
Cons. Fiscal - titular - Sonia Mara Kuhn (Mormaço)
Cons. Fiscal - titular - Luiz Martins da Cunha (S. J. do Herval)
Cons. Fiscal - suplente - Vagner de Loreno (Mormaço)
Cons. Fiscal - suplente - Hilário Sadi Silveira (S.J. do Herval)

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade