Convenção Comercial Regional encerra nesta sexta-feira em Soledade

Professor e consultor empresarial Daltro Lanner Monteiro é quem vai conversar com os participantes

Por Lucas Bicudo em 20/11/2015

   

(Foto: Lucas Bicudo / ClicSoledade)
Convenção Comercial Regional encerra nesta sexta-feira em Soledade

Ser mais uma alternativa de desenvolvimento, conhecimento e estímulo aos empresários, gestores, gerentes, comerciários, funcionários e estudantes. Este é o propósito da 1ª Convenção Comercial Regional, que encerra nesta sexta-feira, 20/11, no auditório do Centro Cultural. Importantes nomes estão participando como palestrantes do evento, que é promovido pela ACIS, Sindipedras e Appesol.

O professor e consultor empresarial Daltro Lanner Monteiro é quem encerra a atividade. Ele vai trazer conhecimentos e ideias inovadoras que impulsionam resultados rápidos e sustentáveis. Posteriormente será realizado um coquetel de confraternização entre todos os participantes da Convenção.

Nessa quinta-feira (19), quem esteve palestrando foi Eduardo Tevah, que é diretor-presidente da D&E Consultores. Com o tema “Vendedor Empreendedor”, o empresário fez reflexões sobre o perfil que este profissional deve ter. “Não existe vendedor nato, ninguém nasce vendedor. Vendas é uma profissão como qualquer outra, por isso tem que estudar e aprender para se tornar um profissional ainda melhor”, considerou.
tevah
Ele pondera que em um ano tão difícil para o Brasil, as empresas não podem admitir funcionários fazendo o básico. “É hora de dar um verdadeiro show, especialmente no atendimento, já que 68% dos clientes são perdidos porque não foram bem atendidos. Portanto é momento de buscar a excelência”, aduziu.

Tevah disse ser fundamental transformar o comprador (o que compra) em cliente (o que volta). “A pessoa deve ser acolhida, ter uma recepção calorosa. Importante é construir relacionamento, pois desta forma você consegue fazer com que ela retorne mais vezes. Fazer boas perguntas igualmente torna-se fundamental, assim como ter capacidade de vender valor e não preço”, observou.

O palestrante afirma que o funcionário precisa ser lapidado para se tornar um vendedor empreendedor. “Isso compreende capacitá-lo, uma vez que hoje em dia este fator não é mais uma opção, é questão de sobrevivência. Da mesma forma é necessária motivação, fazer com que os funcionários tenham desejo de crescer na empresa e ali construir um projeto de vida”, finalizou.
tevah-1
tevah-3
tevah-4

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade