Emater/RS-Ascar renova convênio com o município de Soledade

Equipe projeta o atendimento a 770 famílias do meio rural soledadense em 2016

Por Redação em 10/12/2015

   

(Foto: Divulgação / Prefeitura Soledade)
Emater/RS-Ascar renova convênio com o município de Soledade

Na manhã da quarta-feira (09/12) a gerente do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Soledade, Lucia Souza, esteve reunida, no gabinete, com o prefeito e o vice-prefeito de Soledade, Paulo Ricardo Cattaneo e Roberto Coletti, respectivamente. No encontro, ela entregou aos gestores municipais o novo convênio entre a Prefeitura e a Emater/RS-Ascar para os próximos cinco anos.

“Parabenizamos o prefeito Cattaneo, Soledade é um dos primeiros municípios do nosso regional a renovar o convênio, um grande parceiro”, enfatizou Lucia. A região administrativa de Soledade é composta por 39 municípios, sendo 16 do Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) do Alto da Serra do Botucaraí e 23 do Corede do Vale do Rio Pardo.

A gerente também aproveitou a oportunidade para apresentar o engenheiro agrônomo Roger Terra de Moraes, que integra a equipe da Instituição no município desde o dia 30 de novembro. Também participaram da reunião a equipe municipal, o supervisor microrregional, Carlos Eurico de Almeida e o coordenador regional da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ricardo André Cabral.

A equipe do Escritório Municipal passou por uma reestruturação e conta atualmente, além do engenheiro agrônomo, com a extensionista social e chefe do escritório, Juliane Pires da Conceição, a técnica em agropecuária, Carine Harter e a assistente administrativa, Cirlene Iopp. No município de Soledade, está previsto, para o ano de 2016, o atendimento a 770 famílias do meio rural, de acordo com o planejamento da equipe municipal. Entre os públicos assistidos estão beneficiários Programa Brasil Sem Miséria (PBSM), integrantes da Chamada Pública da Sustentabilidade – Lote 49 e agricultores familiares.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade