Ministério da Educação define data da nova prova do Enem

O Ministério da Educação (MEC) confirmou a nova data do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As provas serão nos dias 5 e 6 de dezembro. A data foi fechada após reunião do ministro da Educação, Fernando Haddad, com o ministro da Justiça, Tarso Genro.

Por Redação em 06/10/2009

   

nao. (Foto: Divulgação)
Ministério da Educação define data da nova prova do Enem

O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), da Universidade de Brasília (UnB), confirmou nesta terça-feira que será um dos responsáveis pela aplicação e correção das provas do Enem.

Segundo nota divulgada pelo órgão ligado à Universidade de Brasília, o Cespe vai compor o grupo de instituições parceiras que ficarão responsáveis pela aplicação das provas.

“Aceitamos o convite do Ministério da Educação por considerar extremamente importante participar desse esforço nacional e contribuir com o sucesso do Enem”, afirmou, na nota, o diretor-geral do centro, Joaquim José Soares Neto.

O detalhamento de cada etapa ainda está em fase de fechamento entre as instituições parcerias da força-tarefa, de acordo com a nota. É possível que haja participação de alguns parceiros como os Correios e a Força Nacional na realização da nova prova.

O caso

O Enem, que seria realizado no último fim de semana para 4,5 milhões de candidatos em 1,8 mil cidades do País, foi suspenso após indícios de que a prova foi furtada.

A reportagem do jornal "O Estado de S.Paulo" informou ao ministro da Educação, Fernando Haddad, que foi procurado na última quarta-feira por um homem que disse, ao telefone, ter as duas provas que entregaria em troca de R$ 500 mil. De acordo com o ministro, "a jornalista [que informou o ministério da ocorrência] fez uma descrição de alguns elementos constitutivos da prova".

Depois de ter sido alertado, o ministro reuniu a equipe do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), que constatou "fortes evidências" de que a prova teria sido furtada.

Fonte: www.ig.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade