Presidente do CEUS ocupa Tribuna Livre e fala sobre ações da entidade

Na oportunidade, Mairon Albano também respondeu os questionamentos feitos pelos vereadores soledadenses

Por Lucas Bicudo em 23/05/2017

   

(Foto: Lucas Bicudo / ClicSoledade)
Presidente do CEUS ocupa Tribuna Livre e fala sobre ações da entidade

A diretoria do Centro de Estudantes Universitários de Soledade (Ceus) esteve na sessão da Câmara de Vereadores nesta segunda-feira, 22/5. Atendendo ao requerimento nº 14/2017, de autoria do vereador Edson Ivo Stecker, os representantes da entidade usaram da Tribuna Livre para falar sobre as ações realizadas e prestar esclarecimentos.

O presidente Mairon Albano iniciou falando que o propósito da entidade é oferecer aos estudantes um transporte seguro e de qualidade. “No momento que contratamos o serviço, optamos por ônibus confortáveis, com acesso wi-fi e principalmente que ofereçam segurança”, assinalou.

Ele ainda complementa dizendo que procuram disponibilizar estes serviços por um preço acessível. “Hoje a viagem para Passo Fundo ou Carazinho é de R$ 7,50 ida e volta. Também temos paradas pré-definidas para que os alunos possam embarcar e desembarcar em locais de fácil acesso”, acrescentou.

Também foi mencionado sobre o auxílio financeiro que o Poder Público disponibiliza, que neste ano é de R$ 322 mil, divididos em 10 parcelas de R$ 32,2 mil. “Este valor é fundamental para conseguirmos manter o transporte dos associados”, salientou. Com relação a saúde financeira do Ceus, Mairon falou que está em dia.

Por fim, o presidente observou que está que será necessário realizar uma assembleia para correção de alguns itens do estatuto da entidade, bem como preencher algumas lacunas. Também informou que são mais de 600 associados que utilizam do transporte de segunda a sábado para Passo Fundo e Carazinho.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade