Políticas Públicas de acessibilidade e inclusão social são discutidas em Soledade

Fórum Estadual promovido pela Faders debateu e propôs alternativas de ações afirmativas para pessoas com deficiência e com altas habilidades

Por Lucas Bicudo em 28/06/2017

   

(Foto: Lucas Bicudo / ClicSoledade)
Políticas Públicas de acessibilidade e inclusão social são discutidas em Soledade

Debater e propor alternativas, a fim de implantar/implementar políticas públicas, potencializando ações afirmativas para a acessibilidade e inclusão social. Este é o propósito do Fórum Permanente da Política Pública Estadual para Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades, que foi realizado em Soledade nesta terça-feira, 27/6.

Em sua 152º edição, o evento aconteceu no auditório da UPF Soledade, e reuniu gestores municipais, entidades representativas, profissionais e a sociedade em geral. A promoção foi da Faders Acessibilidade e Inclusão, com apoio da Associação dos Municípios do Alto da Serra do Botucaraí (AMASBI), Prefeitura de Soledade e do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência – COEPEDE.

De acordo com Roque Bakof, presidente da Faders, é preciso que toda sociedade construa condições de acessibilidade. “É preciso que todos estejamos pela acessibilidade e inclusão, não tendo esta última como uma visão de favor as pessoas com deficiência, e sim pensar numa visão de todos”, aduziu.

Pela manhã, aconteceu um diálogo sobre o diagnóstico regional da acessibilidade e inclusão, além do tema políticas públicas inclusivas. Já durante a tarde ocorreram oficinas temáticas abordando assuntos como atividade física inclusiva e paradesporto, acessibilidade arquitetônica, políticas públicas para altas habilidades, trabalho e empreendedorismo.

Também participaram do evento, o presidente da AMASBI e prefeito de Soledade, Paulo Cattaneo; o vereador Gustavo Baldissera, representando o legislativo local; o presidente do Coepede, Rotechild Prestes; o coordenador de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência, Adilso Corlasoli; e o presidente do Conselho Consultivo da Faders, Marquinho Lang.

O 152° Fórum Permanente da Política Pública Estadual para Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades teve representantes dos municípios de Alto Alegre, Barros Cassal, Campos Borges, Fontoura Xavier, Gramado Xavier, Ibirapuitã, Itapuca, Lagoão, Mormaço, Nicolau Vergueiro, Soledade e Tio Hugo.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade