Parque de Remates do Sindicato Rural de Soledade deverá ser concluído em 2018

Espaço vai construído em área da entidade, localizada nos fundos do Parque de Eventos Centenário Rui Ortiz

Por Fernando Martins em 31/08/2017

   

(Foto: Fernando Martins / ClicSoledade)
Parque de Remates do Sindicato Rural de Soledade deverá ser concluído em 2018

Projetado para sediar remates de bovinos, bubalinos, equinos e ovinos, o Parque de Remates do Sindicato Rural de Soledade poderá se tornar realidade no próximo ano. A entidade, que é presidida por José Pedro Turela, tem este projeto como uma demanda antiga e por isso está consolidando parcerias para concretização do espaço.

O parque será construído em uma área da entidade, que fica aos fundos do Parque de Eventos de Centenário Rui Ortiz. Conforme justifica Turela, o deputado Luís Carlos Heinze (PP-RS) se comprometeu em encaminhar uma emenda parlamentar para a construção, que será destinada para a prefeitura de Soledade.

O Poder Executivo é quem vai fazer os procedimentos necessários para a construção do parque. Além disso, o presidente adianta que será necessário apoio de entidades e associados para que todo o recurso necessário seja obtido. No momento, Turela prefere não informar o valor total da obra nem da emenda parlamentar, pois o processo ainda está na fase de elaboração.

Indagado sobre o porquê de um Parque de Remates, José Pedro Turela destaca que a criação deste espaço é uma reivindicação antiga dos associados e ainda vai representar uma atração a mais no complexo que envolve o Parque Centenário. Lembra também que na área de remates ainda vai beneficiar os criadores de cavalo crioulo, que terão espaço para realização de seus eventos.

- Teremos toda essa infraestrutura que será um espaço que vai atrair visitantes para Soledade e assim movimentar a economia local durante os eventos de remate que forem realizados. Estamos focados neste objetivo e esperamos que até a EXPOSOL de 2018 poderemos estar com ele concluído - enfatiza o dirigente sindical.

Atividades sindicais
José Pedro Turela destaca estar preocupado com o momento que vive o País, que devido a algumas reformas, corre o risco de ter enfraquecidas as instituições sindicais. Neste contexto, ele enfoca a mudança que extingue o fim da contribuição sindical, que impacta diretamente a área financeira da entidade.

-Esta é uma de nossa principal receita e por isso que estamos criando ações para manter o Sindicato funcionando, e uma delas é este Parque de Remates, que também somará fundos para a entidade - diz.

O presidente encerra lembrando aos produtores rurais que o prazo para o pagamento do ITR – Imposto Territorial Rural – se encerra no final de setembro. O Sindicato está realizando o procedimento para pagamento e que a farmácia veterinária da entidade está com promoções especiais.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade