Comarca de Soledade está entre as oito do RS com menor consumo

Unidade local foi agraciada com o Prêmio Selo Verde, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul

Por Fernando Martins em 09/10/2017

   

(Foto: Eduardo Nichele e Mário Salgado)
Comarca de Soledade está entre as oito do RS com menor consumo

A Comarca de Soledade figura entre as unidades judiciárias do RS agraciadas com o Prêmio Selo Verde. A premiação foi entregue em solenidade realizada na tarde de sexta-feira (6/10), que contou com a presença do Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Luiz Felipe Silveira Difini, além de outras autoridades, juízes e servidores.

O Prêmio Selo Verde busca reconhecer e motivar as Comarcas do Estado a respeito da observância do Programa de Gestão Ambiental e do Plano de Logística Sustentável. A iniciativa busca incentivar a adoção de ações recomendadas, principalmente no que se refere à gestão dos resíduos sólidos e preservação da qualidade ambiental.

A distinção é dividida nas categorias menor índice de consumo e melhor desempenho no consumo individual. No ato de premiação, representaram Soledade os servidores Hélio de Freitas Pinto e Cleusa Amaral da Motta, que receberam a premiação das mãos do 1º Vice-Presidente do TJRS, Desembargador Carlos Eduardo Zietlow Duro.

O Prêmio Selo Verde reconhece a excelência na gestão ambiental nas Comarcas do Estado. As unidades são agrupadas conforme o tamanho delas. Por isso, a Comarca de Soledade tem a referência ao tamanho G e foi premiada na categoria "Menor Consumo".

O Juiz-Corregedor Coordenador, José Luiz Leal Vieira, disse que "a Corregedoria vem buscando cada vez mais a aproximação com o 1º Grau", acrescentando que os Prêmios significam "o reconhecimento pelo trabalho desenvolvido pelas unidades e Comarcas que se destacaram em virtude do alcance dos melhores índices de desempenho em cada segmento", disse.

Já a Juíza Patrícia Antunes Laydner, uma das coordenadoras do ECOJUS, salientou o pioneirismo da iniciativa do Judiciário Gaúcho em reconhecer o trabalho efetivo das unidades no que tange às práticas sustentáveis. "O Selo Verde presta o devido reconhecimento aos segmentos do Judiciário que se destacaram na construção de um melhor meio ambiente", finalizou.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade