Ações desenvolvidas na Secretaria da Saúde são tema de reunião no legislativo

Secretário Diego Vidaletti da Silva, acompanhado de sua equipe, falou das iniciativas que estão sendo implementadas

Por Lucas Oliveira Bicudo em 10/10/2017

   

(Foto: Lucas Bicudo / ClicSoledade)
Ações desenvolvidas na Secretaria da Saúde são tema de reunião no legislativo

Por solicitação do vereador Edson Ivo Stecker (PSDB), foi convidado o secretário da Saúde, Diego Vidaletti da Silva, para participar de uma reunião na tarde desta segunda-feira, 9/10. Na ocasião, o titular da pasta falou sobre os trabalhos desenvolvidos, bem como as ações que estão sendo implementadas.

O proponente disse que o encontro teve como objetivo ouvir dos responsáveis pela saúde do município quais são suas demandas. “Estamos prestes a votar o orçamento para o próximo ano, e quando vier para discutirmos o projeto, podemos direcionar emendas especificas para as necessidades apresentadas”, justificou.

Após questionamentos realizados pelos vereadores presentes, Diego fez um relato das atividades. “Quando assumi a Secretaria, encontrei uma equipe altamente técnica, porém sem ferramentas de gestão. Agora, gradativamente, estamos informatizando os serviços para melhor atender nossa população”, assinalou.

Entre as ações já implantadas, citou o agendamento online, que evita as pessoas de esperar na fila. “Um dia antes de sua consulta, o paciente recebe em seu celular uma mensagem de texto com as informações. Hoje, o tempo de espera para consultas com especialistas é de 60 dias”, informou.

O não comparecimento dos pacientes é um dos problemas verificados, pois conforme dados, 20% das consultas que são agendadas não tem comparecimento. Situação se repete no transporte para outras cidades. “Sempre há falta de vaga na van para consultar, porém no momento de buscar na casa, a maioria não vai”, relatou o secretário.

Com relação ao atendimento clínico, Diego destaca que são disponibilizadas 145 fichas diárias, sendo que em setembro sobraram 335 vagas. Com relação a farmácia, nos últimos 60 dias, foram 14.496 atendimentos, uma média de 300 atendimentos/dia. Em agosto foram 4.797 dispensações, sendo que em setembro totalizou 4.420 e outubro já registra 1.326, com previsão de alcançar 4.500.

O secretário salientou que foi instalado recentemente na farmácia um software que vai permitir controle do estoque de medicamentos. “Pretendemos economizar de 30 a 40 mil reais, pois vamos evitar que remédios vençam na prateleira, bem como ter precisão na gerência do que temos em casa”, pontuou.

Além do secretário Diego, também participaram da reunião a secretária adjunta, Edinara França, da coordenadora de Ações em Saúde, Maira Batista da Silva, da coordenadora da Vigilância em Saúde, Sonimari Auler, e do presidente do Conselho Municipal da Saúde, Gilmar Rodrigues.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade