IBGE oferta três vagas para recenseadores em Soledade

Inscrições devem ser feitas presencialmente até o dia 6 de novembro. Não há cobrança de taxa de inscrição.

Por Fernando Martins em 24/10/2017

   

(Foto: Ilustração)
IBGE oferta três vagas para recenseadores em Soledade

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) abriu nesta segunda-feira (23) as inscrições do processo seletivo para 1.152 vagas temporárias para o cargo de recenseador. As oportunidades são para atuar no Censo Agropecuário 2017. Conforme o edital, são ofertadas três vagas, sendo duas de ampla concorrência e uma para pessoas pretas ou pardas.

A seleção será feita por meio de um processo seletivo, que é uma continuidade da seleção publicada no edital nº 02/2017. Essa seleção foi criada especificamente visando suprir as vagas nas UF/áreas de trabalho que tiveram candidatos inscritos em número inferior ao de vagas oferecidas, tiveram a listagem de candidatos aprovados esgotadas ou, ainda, não tiveram candidatos inscritos.

As inscrições estarão abertas de 23 de outubro a 6 de novembro nos postos de inscrição do IBGE. A unidade em Soledade fica localizada na Avenida Marechal Floriano Peixoto, 375, no segundo andar do prédio do Sindicato Rural.

Os candidatos devem ter nível fundamental e no mínimo 18 anos. O salário será por produção, calculada por setor censitário, conforme taxa fixada e de conhecimento prévio pelo recenseador, com base nas quantidades de unidades de estabelecimentos agropecuários recenseados. A jornada de trabalho recomendável será de, no mínimo, 25 horas semanais, além da participação integral e obrigatória no treinamento.

Não há cobrança de taxa de inscrição. Mais informações podem ser obtidas no site: https://www.ibge.gov.br/institucional/trabalhe-conosco/17361-2017-3-recenseador-complementar.html.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade