Fechamento de fábrica de calçados gera discussão em São José do Herval

Empresários afirmam falta de apoio do executivo e Prefeito garante que teve tentativa de acordo, porém sem sucesso.

Por Ágatha Strapasson em 02/02/2018

   

(Foto: Ágatha Strapasson / ClicSoledade)
Fechamento de fábrica de calçados gera discussão em São José do Herval

A Indústria de Calçados Zallan, instalada em São José do Herval desde 2000, anunciou o encerramento das atividades no município. A decisão, segundo os empresários, é a falta de apoio do poder executivo e o Prefeito garante que houve tentativa de acordo, porém não obteve sucesso nas negociações.

Na segunda-feira, 29/1, durante sessão da Câmara de Vereadores, os empresários João Carlos Zanella e Beatriz Terezinha Zanella usaram da tribuna livre. Na ocasião, prestaram esclarecimentos sobre os motivos do fechamento, que, segundo eles, seria a falta de espaço físico adequado.

Os empresários afirmaram que o ambiente não era digno de trabalho para os funcionários e não comportava as necessidades de produção da fábrica. Beatriz comenta que solicitaram reformas ao executivo, mas não foram atendidos. “Não queremos nada de graça, apenas um ambiente melhor para trabalhar, onde as pessoas que ficam lá o dia todo se sintam em casa”, justificou.

O prefeito Lauro Rodrigues Vieira, não estava presente na sessão, mas em entrevista ao Portal ClicSoledade, garantiu que todas as reformas solicitadas pelos empresários foram atendidas. Também relatou que o prédio onde funcionava a fábrica pertence ao patrimônio público municipal.

Vieira pontua que a estrutura anteriormente era uma incubadora empresarial de quatro módulos. Ela foi desmanchada, tornando-se apenas um ambiente maior para atender as demandas. “Propomos uma parceria entre a Prefeitura e a Calçados Zallan, já que não era possível a doação do espaço público, mas os proprietários não aceitaram o acordo”, assinalou.

O prefeito lamentou a opção dos empresários em fechar a empresa no município. “Não temos interesse nenhum no encerramento das atividades da indústria, mas infelizmente não houve um acordo possível”, finalizou Vieira.

O empresário João Carlos Zanella comenta que, com o fechamento da unidade de São José do Herval, que empregava cerca de 50 pessoas, pode ampliar a empresa em Fontoura Xavier. “Vamos transferir alguns desses funcionários de um município para outro por nossa conta, pois temos compromissos com essas pessoas que estão conosco desde o ano 2000”, declarou.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade