Câmara de Soledade retoma sessões ordinárias nesta segunda-feira (5)

Em 2018, trabalhos do Legislativo serão comandados pelo vereador Sérgio Rodrigues da Silva (PMDB).

Por Fernando Martins em 03/02/2018

   

(Foto: Arquivo / ClicSoledade)
Câmara de Soledade retoma sessões ordinárias nesta segunda-feira (5)

Após 30 dias de recesso parlamentar, os vereadores de Soledade retomam na segunda-feira, 05/02, aos trabalhos ordinários para o exercício de 2018. A primeira sessão ordinária do ano iniciará as 18h30min no plenário David Líbero Gueller. Entretanto, esta não é a primeira vez que os vereadores estarão reunidos neste ano, pois no dia 19/01 foi realizada uma sessão, de forma extraordinária, para votação de algumas matérias.

Neste ano, o legislativo de Soledade está sob a presidência do vereador Sérgio Rodrigues da Silva (PMDB), o qual comandará os trabalhos. Falando sobre o retorno as atividades ordinárias, Sérgio convida a comunidade a estar presente nas sessões para acompanhar o trabalho dos vereadores. “Convidamos a todos para que ao longo do ano venham até a Câmara, acompanhem o trabalho do legislativo, pois é aqui que são discutidos e votados projetos em prol de toda nossa comunidade” comenta o edil.

Uma das novidades para que este ano, é que pessoas com dificuldades de mobilidade terão maior facilidade no acesso ao prédio do legislativo, que agora conta com um elevador. De igual forma, outras mudanças estruturais foram feitas para que as pessoas com algum tipo de deficiência possam acompanhar in loco os debates da casa legislativa municipal.

Veja a composição da mesa diretora para o ano de 2018:

Presidente: Sérgio Rodrigues da Silva – PMDB
Vice-Presidente: João Francisco dos Santos – PSB
1º Secretário: Jorgenei Sérgio de Souza – PMDB
2º Secretário: Juarez da Rosa Morais – PMDB

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade