Agricultor de Soledade observa resultados na produção de leite a pasto

Há seis anos na atividade leiteira, agricultor Etemar dos Santos Souza planeja agora aumentar a área de pastagem.

Por Redação em 29/03/2018

   

(Foto: Divulgação / Emater)
Agricultor de Soledade observa resultados na produção de leite a pasto

Melhorar a produtividade e reduzir os custos de produção motivou o agricultor Etemar dos Santos Souza a investir na produção de pastagem para alimentação do rebanho leiteiro. A família possui quatro vacas na propriedade rural de cerca de 2,5 hectares, localizada na comunidade de Rincão dos Lauter, interior do município de Soledade, e também arrenda outros dois hectares em áreas próximas à residência.

Com orientação técnica da Emater/RS-Ascar, após a análise do solo, o agricultor realizou a adubação da área e, no início do mês de novembro passado, a implantação de pastagem Jiggs e, mais recente, o plantio de aveia e azevém em aproximadamente um hectare. Posteriormente a área foi dividida em quatro piquetes, nos quais os animais revezam a alimentação. Apesar do pouco tempo decorrido desde a implantação das pastagens, o agricultor já observa os resultados. “Antes da pastagem, a média variava de 900 a mil litros por mês. Agora, a produção está em 1.500 litros por mês”, relata o agricultor.

Além da pastagem, a alimentação dos animais também é feita com ração. O técnico em agropecuária da Emater/RS-Ascar, Ederson Garcia dos Santos, explica que a pastagem é a principal fonte de alimentação dos animais “Usar o pasto como base é uma forma mais barata de produção e com as pastagens perenes há garantia de alimento o ano todo, inclusive no período do vazio forrageiro outonal, que ocorre nos meses de março a junho. A ração vem para suplementar a alimentação”, orienta.

Além do consumo da família, a produção leiteira também é comercializada para a agroindústria Sítio da Ramada, do agricultor Paolo Del Gos. “Depois que comecei a comercializar para a agroindústria, investi na produção de pastagem em parceria com o Paolo. A área de terra é dele e eu me encarrego de cuidar de tudo para qualificar a produção. Se não fosse a pastagem, não sei como estaria a produção”, conta Etemar.

Há seis anos na atividade leiteira, o agricultor planeja agora aumentar a área de pastagem e a quantidade de animais na propriedade. Além disso, outros ajustes devem ser realizados, como a redivisão dos piquetes para melhor atender a necessidade dos animais.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade