Soledade sediou seminário regional sobre Governança, Turismo e Cultura

Evento, realizado na segunda-feira (18), tem o objetivo de alavancar o desenvolvimento turístico dos municípios gaúchos

Por Lucas Oliveira Bicudo em 19/06/2018

   

(Foto: Lucas Bicudo / ClicSoledade)
Soledade sediou seminário regional sobre Governança, Turismo e Cultura

Alavancar o desenvolvimento turístico dos municípios gaúchos. É com este propósito que a Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul – Famurs e a Fundação Milton Campos (FMC) estão promovendo encontros regionais abordando o tema “Governança, Turismo e Cultura: Desafio dos Gaúchos”. Na segunda-feira, 18/6, o seminário aconteceu no auditório do Museu da Pedra e Mineralogia Egisto Dal Santo, em Soledade.

Na ocasião, o ex-prefeito de Gramado, Nestor Tissot, fez um relato sobre as ações desenvolvidas em seu município, bem como experiências. “Hoje são mais de 250 eventos e feiras privadas realizados anualmente na cidade e que consequentemente atraem turistas durante todo o ano. Tenho a dizer que o turismo é agregador, ele soma, jamais divide”, garantiu.

Ele pondera que Gramado buscou se preparar para receber diferentes segmentos do turismo. “Temos lazer, eventos, negócios, feiras, congressos, entretenimento, cultura, agroturismo, entre outros. Da mesma forma, ao longo do tempo a cidade foi se planejando para isso, onde atualmente dispomos de uma excelente infraestrutura acolher a todos”, acrescentou.

Mário Ribas do Nascimento, coordenador de Turismo, Agricultura e Meio Ambiente da Famurs, relatou a experiência de várias cidades que encontraram o desenvolvimento econômico com a implantação do turismo. “É preciso avançar, passo a passo, avaliar os pontos fortes, identificar os pontos fracos e necessidades, bem como formar bons projetos”, assinalou.

Ele destaca que Soledade e região tem inúmeras potencialidades que podem ser exploradas. “Aqui temos as pedras preciosas, agroturismo, turismo religioso, eventos, ou seja, os municípios podem se valer de muitas possibilidades. O turismo não é só passeio, é uma atividade que gera riqueza, emprego e desenvolvimento”, acrescentou.

Nascimento também apontou que há várias alternativas para se conquistar recursos financeiros para os investimentos necessários na infraestrutura das cidades que querem desenvolver o turismo. “Nosso objetivo é mostrar para os prefeitos e lideranças que é possível e a expectativa é realiar pelo menos 20 seminários regionais em todo o Estado”, finalizou.

Rodrigo Jacoby Trindade, presidente da Amasbi e prefeito de Mormaço, relata que a entidade pretende apoiar esta iniciativa. “Já na próxima reunião queremos levar este tema a conhecimento dos prefeitos para que possam analisar. Entendemos que o turismo é agregador, traz o desenvolvimento, uma vez que é considerada a indústria sem chaminé”, aduziu.

Marilda Borges Corbelini, vice-prefeita e secretária de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo de Soledade, falou das ações da Governança Turística do Alto da Serra do Botucaraí. “Desde sua criação e estruturação, em 2013, realizamos reuniões para organização da rota turística, bem como na implantação e funcionamento dos Conselhos Municipais de Turismo”, assinalou.

Atualmente, 7 municípios fazem parte: Barros Cassal, Fontoura Xavier, Gramado Xavier, Mormaço, Nicolau Vergueiro, São José do Herval e Soledade. “Agora, temos como metas alimentar o site do turismo estadual (www.turismo.rs.gov.br) com informações e dados sobre os municípios, organização do calendário municipal e regional de eventos e elaboração de materiais de divulgação dos municípios e suas potencialidades”, finalizou.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade