Vídeo mostra funcionário descarregando lenha na casa de Secretário em Soledade

Na manhã desta sexta-feira (6), o prefeito Cattaneo se reuniu com os envolvidos para ouvi-los e deve se manifestar em breve

Por Redação em 06/07/2018

   

(Foto: Reprodução Facebook)
Vídeo mostra funcionário descarregando lenha na casa de Secretário em Soledade

Um vídeo publicado em uma rede social na internet repercutiu em Soledade. As imagens mostram um caminhão da Prefeitura estacionado em frente a casa do secretário de Obras, Marco Gheller, onde teriam sido descarregadas toras de árvore. O fato aconteceu por volta das 16h 30min de quinta-feira, 05/7, na Rua Armando Haeffner.

Romildo da Silva, que aparece no vídeo, é responsável pelo recolhimento do entulho no município. Segundo ele, o secretário não tinha conhecimento do caso. “Eu fui lá, que eu tinha que levar uns negócios em uma rua próxima, e coloquei umas toras em cima do caminhão e larguei pra mim (na sua casa) e coloquei, sem o secretário Marco saber, na casa dele também”, assinalou.

De acordo com o funcionário, as toras eram oriundas do Parque de Eventos Centenário Rui Ortiz, de umas árvores que tinham caído. Após serem cortadas, as madeiras foram carregadas para casa de Romildo e de Marco.

O prefeito Paulo Ricardo Cattaneo reuniu os envolvidos no fato nesta sexta-feira, 6/7, para ouvi-los. Após a reunião, o gestor municipal deverá se manifestar sobre o ocorrido e das possíveis consequências do caso.

Hoje as 4:35 presenciei essa cena o caminhão da prefeitura descarregando lenha na casa do Secretário Marcos Gueller e detalhe os vizinhos ao verem eu gravando começaram a me contar que isso é direto inclusive os funcionários cortam grama na casa do Secretário Marcos a cada 15 dias😳😠😡😳😠😡
Outro detalhe lenha nativa será que tinha autorização para derrubar essas árvores😤😤

Publicado por Fernanda Flores em Quinta-feira, 5 de julho de 2018

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade