Câmara de Vereadores confere Comenda Botucaraí aos Freis Capuchinhos

Honraria foi entregue em sessão solene na sexta-feira, 31 de agosto, no Plenário David Líbero Gueller

Por Lucas Oliveira Bicudo em 03/09/2018

   

(Foto: Lucas Bicudo / ClicSoledade)
Câmara de Vereadores confere Comenda Botucaraí aos Freis Capuchinhos

Presentes no Rio Grande do Sul há 122 anos e 82 de atuação em Soledade, os Freis Capuchinhos foram homenageados pelo legislativo soledadense. Em sessão solene na sexta-feira, 31/8, foi entregue a Comenda Botucaraí, em uma proposição feita em 2016 pelos então vereadores Jussara Melo Batista e José Dionei Quevedo Portela.

Os líderes de bancada usaram da palavra, oportunidade em que destacaram o trabalho que os Capuchinhos realizam até hoje em Soledade. “São homens abnegados, que se doam para ajudar ao próximo, assim como contribuem para o desenvolvimento das comunidades, deixando suas marcas”, assinalou o presidente do legislativo, Sérgio Rodrigues da Silva.

O prefeito Paulo Cattaneo afirma que no coração de cada soledadense existe um rosto, uma obra, uma lembrança, um testemunho humano e sacerdotal dos Capuchinhos. “Se destacaram na Pastoral, na educação, nos meios de comunicação e na saúde pública, quer criando e apoiando comunidades, movimentos e projetos sociais. Nossa gratidão, carinho e aplausos aos Freis Capuchinhos”, aduziu.

Frei Lori Vergani, que representou o Provincial dos Freis Capuchinhos do RS, Frei Nilmar Gato, diz que estão colhendo a homenagem que pertence aqueles que os precederam. “Somos muito gratos por esse reconhecimento. Claro que somos aquilo que somos graças ao que recebemos como legado. Mas muito mais felizes ficamos quando outros vivem melhor por marcamos a vida deles”, garantiu.

O Vigário Paroquial e guardião dos Capuchinhos, Frei Geraldo Paludo, pondera que se deve olhar para o passado com um sentimento de gratidão. “As pessoas que nos antecederam prepararam este chão para estarmos aqui. Esta história não foi construída somente pelos Frades Capuchinhos que por aqui passaram, foi a soma de muitas pessoas e lideranças aqui da região”, salientou.

Os Freis Capuchinhos chegaram em Soledade em 30 de agosto de 1936, onde vieram com o objetivo de pacificar a comunidade e dar assistência para os imigrantes italianos que chegavam ao espaço regional. Envolveram-se, sobretudo, com a evangelização, mas atuaram em movimentos cooperativos, sindicais, operários e nas diversas pastorais. Porém, foi no triângulo saúde, educação e comunicação que seu trabalho foi mais relevante.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade