Corsan investe R$ 11 milhões na construção de uma nova adutora em Soledade

Obra vai possibilitar o aumento na captação de água e garantir o abastecimento no município para os próximos 30 anos

Por Lucas Oliveira Bicudo em 26/09/2018

   

(Foto: Lucas Bicudo / ClicSoledade)
Corsan investe R$ 11 milhões na construção de uma nova adutora em Soledade

O sistema de abastecimento de água da Corsan em Soledade vai ser ampliado com a construção de uma nova adutora com 12Km de extensão, em um investimento de R$ 11 milhões. A ordem de início das obras foi assinada na manhã desta quarta-feira, 26/9, no Salão Nobre Adão Martins de Freitas.

Marcos Vinicius Caberlon, diretor de Expansão da Corsan, assinala que será aumentada a vazão dos atuais 90 litros por segundo para 150 l/s. “Considerando o crescimento populacional, estamos falando, seguramente, de garantir a capacidade de abastecimento de água para a população pelos próximos 30 anos”, pontuou.

Rogério de Salazar, secretário de Obras, Saneamento e Habitação do Estado, destaca a importância do investimento a ser realizado em Soledade. “É uma obra estruturante, que vai ajudar o município pelas próximas três décadas. A Corsan tem feito um trabalho de excelência, investindo na água e no saneamento, melhorando o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas”, assinalou.

O prefeito de Soledade, Paulo Ricardo Cattaneo, lembra que a substituição da adutora era aguardada há muitos anos. “É momento de celebrarmos pela grandeza desta obra, que vai duplicar a capacidade de vazão de água no município, investimento fundamental e que vem beneficiar a todos os soledadenses”, aduziu.

A empresa que vai executar a obra é a Construtura Sintra, de Porto Alegre. Reger Lenhard acredita que, no máximo em 30 dias devem dar início. “Teremos em torno de 15 a 20 pessoas operando em duas frentes de trabalho, além dos indiretos. O prazo que temos é de um ano e meio, onde vamos colocar tubulações de 400mm de diâmetro, que será construída paralela a antiga, que era de 300mm”, informou.

Durante o ato, Caberlon salientou que está previsto para o primeiro trimestre de 2019 a publicação do edital de licitação para construção da rede coletora e da elevatória final em Soledade. “Os recursos são do financiamento com o BNDES de R$ 11, 2 milhões para execução de obras de redes de esgotamento sanitário. Também para o primeiro semestre temos outra obra que é a construção de uma estação de tratamento com recursos próprios”, finalizou.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade