Polícia Civil da Região de Soledade participa da Operação Anjos da Lei

Trabalho de combate ao tráfico de drogas foi realizado por todas as polícias civis do Brasil

Por Redação em 14/11/2018

   

(Foto: Divulgação / PC)
Polícia Civil da Região de Soledade participa da Operação Anjos da Lei

A Polícia Civil da 24DPRI com sede na cidade de Soledade participou no decorrer desta terça-feira, 13/11, da operação organizada pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil. Foram realizadas buscas nas cidades de Anta Gorda, Putinga, Espumoso e Tapera, sendo coordenada pelos Del. Jader Ribeiro Duarte, Del. Marcos Vinicius Muniz Veloso, Del. Márcio Marodin, com a participação do Del. Guilherme Pacífico da Silva durante as investigações.

Na cidade de Anta Gorda foi preso durante os trabalhos R.M.Q., 33 anos com passagem por tráfico, sendo localizado com o acusado um revólver calibre 38 raspado, 5 munições do mesmo calibre intactas, a quantia de 2.95 gramas de cocaína pronta para a venda e o valor em espécie de R$ 364,00 em cédulas fracionadas além de diversos celulares. Também foi encontrada em posse de um usuário um cigarro de maconha e um esmurrugador.

Em continuidade a operação na cidade de Espumoso foram presas três pessoas pelo comércio de entorpecentes, foram localizadas 1.5 gramas de cocaína e material para embalagem e manutenção das drogas em posse de L.T.S., 27 anos e sua companheira M.A.C., 31 anos. Em outra residência foram encontradas 2 gramas de crack com a acusada A.L.A.F, 20 anos.

Após os procedimentos legais os presos foram encaminhados aos Presídios de Encantado (preso de Anta Gorda) e Espumoso. Participaram da ação 24 policiais civis de todas as delegacias que compõem a região policial de Soledade.

O nome da operação anjos da lei faz referência ao filme em que policiais eram infiltrados para investigar o tráfico de entorpecentes, ações foram realizadas em todo o país no decorrer desta terça-feira.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade