Prefeito recebe Gideões Internacionais

Cainelli é visitado na Prefeitura Municipal

Por Redação em 08/12/2009

   

nao. (Foto: Divulgação)
Prefeito recebe Gideões Internacionais

O Prefeito Gelson Renato Cainelli, recebeu na tarde de segunda-feira, 07/12, no Gabinete, os Gideões Internacionais, acompanhados dos Pastores das Igrejas Evangélicas do nosso Município. Na oportunidade o Presidente dos Gideões, Gilberto Danielli, destacou que a sede é em Carazinho e a missão é trabalhar em 38 Municípios da região. Afirmou ainda o Presidente que, “os Gideões Internacionais” são uma Associação Interdenominacional de Homens de Negócio e Profissionais cristãos, membros, em plena comunhão, de igrejas protestante-evangélicas. Os membros têm como missão levar as boas novas aos perdidos através do testemunho pessoal e da distribuição da Palavra de Deus em mais de 185 países ao redor do mundo.

A maioria dos Gideões vive e atua nas próprias comunidades locais, o que torna o ministério bastante eficiente e eficaz porque conhecem a língua, os costumes locais e, a localização dos hotéis, prisões, hospitais e outros locais em que a distribuição das Escrituras é necessária.

Ressaltou ainda o Presidente Gilberto Danielli, que Soledade é uma cidade abençoada e solicitou aos representantes das Congregações Cristãs que convoquem a família a fazer uma oração, cantarem hinos junto ao Monumento da Bíblia, já que este é um lugar abençoado por Deus e, parabenizou o Prefeito pela homenagem que fez construindo este espaço.

O Prefeito Cainelli agradeceu a visita e também o presente que recebeu, uma Bíblia dourada. E finalizou colocando a nossa cidade a disposição dos Gideões Internacionais, para que os mesmos juntamente com os seus representantes em Soledade, entre eles o Empresário Nelson Pires de Aguiar, possam dar seguimento neste belo trabalho.

Fonte: www.soledaders.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade