Colaboradores da Coagrisol levam alegria do Natal para crianças de duas escolas de Soledade

As escolas foram escolhidas mediante sorteio, e cada colaborador adotou uma carta, totalizando cerca de 80 crianças que receberam os presentes.

Por Redação em 13/12/2018

   

(Foto: Divulgação / Coagrisol)
Colaboradores da Coagrisol levam alegria do Natal para crianças de duas escolas de Soledade

Pelo quarto ano consecutivo, colaboradores das unidades da Coagrisol se mobilizaram por um motivo muito nobre: realizar sonhos de natal. Para isso, a equipe adotou cartinhas destinadas ao Papai Noel que foram escritas por estudantes de duas escolas do interior de Soledade.

As escolas foram escolhidas mediante sorteio, e cada colaborador adotou uma carta, totalizando cerca de 80 crianças que receberam os presentes, levados pessoalmente pelo Papai Noel. A caravana inicialmente esteve na escola São Luiz Gonzaga, na localidade de Rincão do Bugre e em seguida na escola Nossa Senhora da Soledade, na comunidade de linha Curuçu. Mais do que presentes, os colaboradores levaram um momento de alegria para as crianças.

Ao avaliar a iniciativa, a diretoria da Coagrisol informou estar contente com a ação voluntária da equipe. “Mais do que levar presentes, levamos uma mensagem de amor, de fraternidade e de cooperativismo. Tenho certeza que estas crianças também ficaram com esta mensagem. Além disso, para nós também foi gratificante pois fomos presenteados com sorrisos, abraços e demonstrações muito puras e sinceras de gratidão, e isso não tem preço. Por isso reforço, que cooperativismo é uma missão de vida”, comemorou o superintendente da Coagrisol Clademir da Silva Comin.

De acordo com a equipe de colaboradores da Coagrisol, a iniciativa deverá ser novamente realizada em 2019, onde outras escolas serão contempladas.


   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade