AVASB realiza encontro para discutir possível fechamento da 25ª CRE

Evento aconteceu na tarde desta sexta-feira, 1º/2, onde foi elaborado uma moção de apelo para ser enviada ao Governo do Estado

Por Lucas Oliveira Bicudo em 01/02/2019

   

(Foto: Lucas Oliveira Bicudo / ClicSoledade)
AVASB realiza encontro para discutir possível fechamento da 25ª CRE

A Associação das Câmaras de Vereadores do Alto da Serra do Botucaraí (AVASB) promoveu uma reunião nesta sexta-feira, 1º/2, no auditório Ivo José Stein, em Soledade. O assunto que esteve em pauta foi a possibilidade do encerramento das atividades da 25ª Coordenadoria Regional de Educação.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, vai reestruturar a localização das CREs. “A cogitação que a sede localizada em Soledade poderia ser uma das que seriam realocadas fez com que iniciássemos esta mobilização, uma vez que somos uma entidade regional e estamos nos posicionando pela manutenção da 25ª CRE”, assinala o presidente Gustavo Baldissera.

A atual coordenadora, Maria Gheller, pondera que, embora não se tenha certeza que essa decisão vá afetar a 25ª CRE, ela diz que toda a mobilização é válida. “Estamos geograficamente bem localizados, o prédio é próprio, nossa Coordenadoria tem história. Temos que lutar para que não feche, se preciso, podemos agregar mais municípios, pois trabalho não nos assusta”, salientou.

Ádria Brum de Azambuja, secretária municipal de Educação, afirma que em educação se investe, não se economiza. “A história se faz com o sujeito um ao lado do outro, não a distância. As Coordenadorias existem para mobilizar estudos pedagógicas, não somente para enviar papéis. Não podemos, em hipótese alguma, deixar que feche, pois é ali que se faz educação”, garantiu.

Valdir Cavalini, que representou o PSDB, sigla do governador Eduardo Leite, comenta que estão em contato com Porto Alegre para que essa ação não afete a 25ª CRE. “Estamos conversando diariamente com líderes do partido e vamos continuar lutando, pois entendemos que se criaria mais problemas. Não cruzaremos os braços, iremos até a última instância”, pontuou.

De acordo com Gustavo Baldissera, o documento redigido na reunião será levado pessoalmente por uma comissão até o secretário estadual de Educação, Faisal Karam, e, se possível, também ao Governador. “Essa mobilização não termina hoje, continuaremos atuantes até termos a certeza de que não irá fechar”, finalizou.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade