Vencedor do 11º Concurso de Contos Josué Guimarães participa de atividades na Espanha com a conquista da premiação

Éder Rodrigues recebendo o prêmio durante a 13ª Jornada Nacional de Literatura

Por Redação em 10/12/2009
nao. (Foto: Divulgação)
Vencedor do 11º Concurso de Contos Josué Guimarães participa de 
atividades na Espanha com a conquista da premiação

O escritor mineiro Éder Rodrigues, vencedor do 11º Concurso de Contos
Josué Guimarães, promovido pela 13ª Jornada Nacional de Literatura em
outubro, retornou do intercâmbio literário na Espanha proporcionado pela
conquista do prêmio. A viagem significou a difusão da obra em prosa do
autor pelas cidades onde esteve presente como artista convidado ou como
conferencista. Em Santiago de Compostela, na Espanha, Éder Rodrigues
ministrou na universidade da cidade palestras sobre a Literatura
Brasileira Contemporânea onde, consequentemente, foi aberto um espaço
para discussões sobre as tessituras que envolvem seu projeto literário.

Um panorama sobre as peculiaridades da sua escrita e os desmembramentos
proporcionados pelo prêmio recebido na 13ª Jornada Nacional de
Literatura foram temas de uma conferência ministrada pelo escritor em
Vigo. Neste evento, os presentes tiveram acesso aos contos que compõem a
coletânea referenciada pela crítica que lhe outorgou o prêmio em Passo
Fundo. Rodrigues participou, ainda, do Encontro de Jovens Escritores
Galegos realizado em A Coruña, onde esteve em contato com a nova
produção literária desta região espanhola e o movimento de resistência
que oficializam a cada obra em razão da ratificação da expressão em
língua galega. Além disso, o escritor recebeu o convite de duas revistas
literárias para a publicação de seu trabalho em edições que saem no
primeiro trimestre de 2010.

“Esta experiência torna possível principalmente um estreitamento do
diálogo de nossas produções literárias. Há muito em comum entre a nossa
cultura e as expressões da região da Galícia. O intercâmbio possibilitou
o encontro com escritores, críticos, artistas, professores e público,
onde travamos discussões entre os embates da escrita, tendências,
peculiaridades e também onde pude exemplificar nossa força literária com
fenômenos como o que havia acabado de viver em Passo Fundo e que em uma
semana reuniu cerca de 22 mil pessoas pelo ideário da leitura. Eventos
como esse da Capital Nacional da Literatura têm ouvidos e olhares
atentos em todo lugar, por inclusive traçar um outro perfil da nossa
expressão, do desejo de transformação e do alcance de nossa escrita”,
ressalta o escritor.

O vencedor do prêmio também encaminhou uma carta à coordenadora das
Jornadas Literárias, professora Tania Rösing, garantindo que Passo Fundo
prova que grandes voos são alçados quando as mãos se unem em nome da
arte. “Continuo emocionado e embora o Prêmio Josué Guimarães de Contos
me destinou a Espanha como congratulação, estou mesmo é já contando os
dias para retornar à próxima Jornada”, frisou Rodrigues.

Em um trecho da correspondência ele também conta seu sentimento em
participar da 13ª Jornada Nacional de Literatura: “Em toda parte do
evento, nas lonas, no calor das tardes, no friozinho da noite, a
irmandade estava sempre, em sorrisos superpostos que lançavam uma
satisfação coletiva em frear o mundo para a construção de uma semana de
literatura e arte. Isso em tempos contemporâneos, nos acúmulos de a todo
instante, se edifica como um precioso intervalo onde vemos ser resgatado
o essencial, a delicadeza, a sensibilidade”, enfatiza.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade