Polícia Civil aponta que incêndio no albergue do Presídio Estadual de Soledade foi criminoso

Polícia já está apurando o fato e descarta outras possíveis causas para o crime.

Por Redação em 25/04/2019

   

(Foto: Nayan Franco / Rádio Cristal)
Polícia Civil aponta que incêndio no albergue do Presídio Estadual de Soledade foi criminoso

A Polícia Civil de Soledade confirmou na manhã desta quinta-feira, 25/04, que o incêndio no albergue do Presídio Estadual de Soledade foi criminoso. As palavras do delegado Márcio Marodin, responsável pela DP de Soledade, confirmam a hipótese levantada pelo Corpo de Bombeiros no momento do combate as chamas no local.

O albergue prisional amanheceu com seu interior em chamas na terça-feira, 23/04, no bairro Missões em Soledade, após a saída dos presos do regime semiaberto. Somente 11 dos 60 apenados continuavam no local quando o fogo começou. Ninguém se feriu.

“Não havia motivo nenhum ali, a estrutura é uma estrutura muito boa e é praticamente ideal. Não havia nenhuma possibilidade por esse incêndio for causado por curto circuito ou descuido, vamos tratar o caso como incêndio criminoso”, afirmou o delegado ao comentar o caso.

Conforme Marodin, não se sabe qual a motivação ainda, mas que esse tipo de caso não pode acontecer, visto que a população paga seus impostos para ter bons serviços, inclusive o serviço penitenciário. “Nós já estamos apurando o caso e ainda não sabemos a motivação, mas saberemos e já tenho uma pessoa designada para fazer esse inquérito. Temos uma boa linha de investigação e saberemos quem e o porquê ele colocou fogo no presídio de Soledade”, finalizou Márcio.

A informação é da Rádio Cristal.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade