UPF realiza avaliações físicas com jogadores do Passo Fundo

Atletas passaram por avaliações de coxa e panturrilha

Por Redação em 15/12/2009

   

nao. (Foto: Fabiano Hoffmann)
UPF realiza avaliações físicas com jogadores do Passo Fundo

A equipe de futebol do Esporte Clube Passo Fundo passou por avaliações
físicas durante toda esta segunda-feira, 14 de dezembro. Os testes foram
aplicados no Laboratório de Biomecânica Isocimétrico, na Faculdade de
Educação Física e Fisioterapia da Universidade de Passo Fundo (FEFF/UPF)
e tiveram como objetivo relatar a força e o equilíbrio de 24 jogadores.
Os atletas passaram por avaliações de coxa e panturrilha através de um
aquecimento de cinco minutos na bicicleta ergométrica e, logo após,
realizaram um teste na cadeira do dinamômetro, que é o aparelho de
avaliação de força das pernas. O time se prepara para a disputa da
segunda divisão do Campeonato Gaúcho.

O convite para o time realizar as avaliações físicas partiu do diretor
da FEFF Cleiton Bona. “O Laboratório de Biomecânica Isocimétrico está à
disposição, e para nós é um privilégio realizar essas avaliações, pois
enriquece nossas pesquisas e banco de dados. Para os atletas é bom, pois
gera um resultado numérico sobre a força física de seus membros
inferiores. No final é feito um relatório para o preparador físico que
irá trabalhar em cima disso” ressaltou Bona.

Segundo o fisiologista do time Andriane Padilha, a avaliação física
ajuda no trabalho desenvolvido para a preparação dos atletas. “Fazer a
verificação de força individual e possíveis desequilíbrios da parte
muscular dos jogadores é de grande importância. Com esses resultados
podemos trabalhar individualmente com cada atleta, aperfeiçoando o nosso
trabalho” afirmou Padilha.

Para um dos jogadores que participou dos testes, Márcio Galvão, os
resultados servirão de base para treinos corretos. “A avaliação serve de
parâmetro para o professor realizar os treinamentos durante a semana. E
isso é bem gratificante, pois eu estava um tempo parado e agora é
treinar forte para chegar a uma boa condição física” declarou Galvão.

O Laboratório de Biomecânica Isocimétrico é coordenado pelo professor
Cleiton Bona e pelo professor Gilnei Pimentel, contando com o auxílio de
estagiários. O local oferece exames físicos para acadêmicos e comunidade
em geral.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade