Secretário da Saúde participa de reunião com vereadores de Soledade

Presença foi requerida pelo vereador Edson Ivo Stecker (PSDB) para que explanasse sobre as atividades da secretaria

Por Lucas Oliveira Bicudo em 04/06/2019

   

(Foto: Lucas Oliveira Bicudo / ClicSoledade)
Secretário da Saúde participa de reunião com vereadores de Soledade

Diego Vidaletti da Silva, secretário municipal de Saúde, foi convidado pelos vereadores de Soledade para participar de uma reunião nesta segunda-feira, 4/6, atendendo requerimento de Edson Ivo Stecker (PSDB). Na ocasião, o titular da pasta prestou informações sobre as atividades que são desenvolvidas, onde também respondeu a questionamentos.

O proponente do encontro assinala que o convite foi para dar oportunidade ao Secretário expor e esclarecer dúvidas. “Nós vereadores estamos em contato direto com a população, que nos relata fatos e o chamamos para que respondesse alguns questionamentos, bem como passasse as informações que por vezes não sabemos”, justifica.

Questionado quanto a necessidade de entrar na fila para reconsultas, Diego salienta que a informação está equivocada. “O que pode ocorrer é que alguns exames mais específicos demoram para serem realizados, mas geralmente o retorno ao médico ocorre dentro de 30 dias, conforme é previsto, e este paciente não entra novamente na fila”, explica.

Ele comenta que as únicas especialidades com demanda reprimida é a traumatologia e psiquiatria. “Cabe lembrar que o município é responsável somente pela saúde básica, ou seja, consulta com clínico geral. As especialidades são obrigação do Estado, mas que contratamos para não deixar nossa população descoberta”, acrescentou.

Sobre o cumprimento de horários pelos médicos, assim como o atendimento de alguns funcionários, o Secretário disse que vai verificar essa situação. “Os clínicos gerais possuem carga horária fixa, já os especialistas recebem por produção. Vou apurar essa informação para poder resolvê-la, mas tenho a dizer que primamos por um atendimento humanizado, de acolhimento”, ponderou.

Perguntado sobre um caso em que receitas falsas teriam sido apresentadas, Diego explicou que foi apresentada em uma farmácia privada do município e não na Secretaria da Saúde. “Assim que tomamos conhecimento, fomos até a Polícia Civil para fazer o boletim de ocorrência”, informa.

Desde que assumiu o cargo, em 2016, 67% da população soledadense utilizava o Sistema Único de Saúde. “Hoje esse índice já se encontra em 80%, sendo que a média é de 4,5 atendimentos por mês em clínica geral, 2 mil com especialistas e 1,2 mil encaminhamentos para Passo Fundo ou Porto Alegre, totalizando aproximadamente 8 mil atendidos mensalmente”, informou.

Com a implantação do terceiro turno, Diego comenta que em um ano passaram pela Secretaria da Saúde cinco mil pessoas. Já na farmácia, a média de atendimento diária é de 350 pessoas, que no mês totaliza 7 mil. “As demandas são crescentes e os recursos finitos, por isso sempre estamos em busca de otimizar para prestar um melhor atendimento a população”, assinala.

O Secretário destacou que a implantação de um sistema informatizado trouxe inúmeros benefícios aos usuários. “Hoje não temos mais filas, pois os agendamentos são feitos de maneira online, onde o paciente comparece no dia marcado. A informatização da Secretaria da Saúde possibilita que otimizamos os gastos na área”, finalizou.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade