Exposição na FAC apresenta exemplares da revista O Cruzeiro

Exemplares marcaram época na imprensa nacional

Por Redação em 18/12/2009

   

nao. (Foto: Alessandra Pazinato)
Exposição na FAC apresenta exemplares da revista O Cruzeiro

A Faculdade de Artes e Comunicação da Universidade de Passo Fundo (UPF)
está expondo diversas revistas O Cruzeiro, publicação que marcou época
na história da imprensa brasileira. A apresentação está sendo possível
graças ao acadêmico do curso de Jornalismo Wagner Guarezzi.

Nas aulas de História da Comunicação ele tomou conhecimento da
existência de uma revista chamada O Cruzeiro, hoje considerada a
principal revista ilustrada brasileira do século XX. O aluno conta que
em setembro de 2007, tinha por hábito frequentar a casa de um conhecido
e este lhe contou que iria demolir a casa. Neste momento, Guarezzi
perguntou se ele não tinha nada de antigo que iria se desfazer. Com o
aval do conhecido, o acadêmico encontrou em um roupeiro velho, 478
revistas O Cruzeiro, 30 exemplares da Manchete e mais algumas revistas
antigas. “Após o impacto, lhe perguntei o que ia fazer com as revistas.
Ele me falou que tinha entrado em contato com a associação do papeleiros
de Passo Fundo. Para a minha sorte, eles não foram pegar as revistas e
acabei sendo o feliz proprietário delas”, conta Guarezzi.

Da feliz coincidência, surgiu a possibilidade de ser organizada a
exposição, que apresenta exemplares da revista que começou a ser
publicada em 10 de novembro de 1928, pelos Diários Associados de Assis
Chateaubriand.

A importância histórica de O Cruzeiro está na introdução de novos meios
gráficos e visuais na imprensa brasileira, sempre lembrada pela
inauguração das duplas repórter-fotógrafo, sendo a mais famosa formada
por David Nasser e Jean Manzon que, nos anos 40 e 50, fizeram
reportagens de grande repercussão. Entre seus diversos assuntos, a
revista O Cruzeiro contava fatos sobre a vida dos astros de Hollywood,
cinema, esportes e saúde. Ainda contava com seções de charges, política,
culinária e moda.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade