Soledadenses marcam presença no maior encontro de trilheiros do mundo

Bananalama reuniu mais de 5 mil participantes entre os dias 4 e 7 de julho, na cidade de Corupá, em Santa Catarina

Por Lucas Oliveira Bicudo em 09/07/2019

   

(Foto: Divulgação )
Soledadenses marcam presença no maior encontro de trilheiros do mundo

Integrantes do Moto Grupo Trilheiros de Soledade estiveram na cidade catarinense de Corupá participando do Super Bananalama 2019. O evento aconteceu entre os dias 4 e 7 de julho, e é considerado o maior encontro de trilheiros do mundo e que nesta edição reuniu mais de 5 mil participantes de 18 estados brasileiros, além do Chile, Argentina, Venezuela e Peru.

Vinícius Moreira, que é vice-presidente do grupo soledadense, comenta que foram em 11 pessoas, sendo que 10 participaram da trilha. “Saímos na quinta (4) à noite e retornamos no domingo. Além de irmos para aproveitar, também aprendemos bastante e trouxemos ideias para executarmos nos nossos próximos eventos, já que o Bananalama é a Copa do Mundo dos trilheiros”, pontua.

Ele afirma que Soledade, por ser uma cidade que recebe grandes eventos, aprender mais é sempre importante. “Temos toda a estrutura e condições de fazer um evento cada vez maior, pois dispomos de infraestrutura. Durante o Bananalama, aproveitamos para divulgar o nosso Solelama, que vai acontecer em maio de 2020”, observou.

Moreira salienta que uma das coisas que chamaram atenção do grupo foi o engajamento da população. “Tinha muita gente na rua prestigiando o evento, dando boas-vindas aos visitantes, as crianças esticando as mãos para cumprimentar quando passávamos. No meio da trilha também o público dando apoio e motivação, foi uma experiência extraordinária”, garantiu.

Angelo Rubert (Socó), que integra o grupo, observa que todos que andam de moto off road um dia já ouviu falar ou teve vontade de participar do Bananalama. “Não é somente uma trilha, mas um megaevento voltado somente para o trilheiro. Desde 2013 esperava por este momento e só foi possível pela parceria e empenho de cada um, foi incrível e ficará na história”, salientou.

Venicius Lermen (Vini Lau), esteve afastado das trilhas por 3 meses devido a uma torção no joelho. “Dediquei esse tempo de recuperação com fisioterapia para retornar a fazer o que amo, que é estar com meus amigos e andar na minha moto. Agradeço a cada integrante dos Trilheiros de Soledade por me incentivar a voltar e participar do maior encontro de trilheiros do mundo”, finalizou.


   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade