Coagrisol participa de café da manhã com o Secretário Estadual de Agricultura

Presidente esteve no encontro que aconteceu em Porto Alegre na manhã de terça-feira (16), na sede da Escoop

Por Redação em 18/07/2019

   

(Foto: Divulgação )
Coagrisol participa de café da manhã com o Secretário Estadual de Agricultura

José Luiz Leite dos Santos, presidente da Coagrisol, participou de um café da manhã com a presença do secretário estadual de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho. O encontro aconteceu na manhã de terça-feira, 16/7, na sede da Escoop, em Porto Alegre, e foi organizado pela Ocergs-Sescoop/RS.

Na pauta, foram discutidos o projeto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater)– Crédito Fiscal Presumido e o acordo comercial entre Mercosul e União Europeia e seus reflexos para as cooperativas, em especial as de leite e vinho. Se enfatizou a necessidade de políticas públicas para estes setores se tornarem mais competitivos, evitando que o produtor abandone as atividades.

Vergilio Perius, presidente do Sistema Ocergs-Sescoop/RS, lembrou que o projeto de Assistência Técnica e Extensão foi apresentado ao então candidato a governador, Eduardo Leite. A proposição da entidade visa que sejam gerados créditos fiscais presumidos para o ressarcimento de investimentos feitos pelas cooperativas agropecuárias em assistência técnica.

Também busca uma maior eficiência do setor privado na gestão de recursos e sintonizado à importância em levar a Ater para todos os produtores, de modo a mantê-los no campo. A ideia estimula a execução de serviços privados de Ater, por meio de incentivos financeiros na forma de concessão de créditos fiscais presumidos, dedutíveis do montante de ICMS gerado.

Em relação ao acordo comercial entre Mercosul e União Europeia, o secretário reconheceu que as cadeias do leite e vinho são as mais impactadas negativamente pelo acordo. “Temos que analisar criteriosamente tudo isso. Não podemos perder mais ninguém dessas atividades econômicas de importantes cadeias do agronegócio gaúcho”, salientou.

Covatti Filho comenta que no vinho já foi realizada a substituição tributária. “O leite tem uma questão social, é a renda diária do produtor. Não podemos aceitar que esses produtores deixem a atividade. Estamos analisando meios de incentivarmos os produtores de leite gaúchos”, observou o secretário.

O presidente da Coagrisol considerou importante participar destes debates. “Nosso cooperado pode ficar tranquilo, pois estamos a todo momento ligados e ativos nas discussões que envolvem temas que atingem quem vive no meio rural. Como cooperativa, uma de nossas diretrizes é a sempre defender os interesses daqueles que são os donos de nosso negócio”, finalizou.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade