Somave Alimentos é inaugurada e atividades devem iniciar em breve em Soledade

Expectativa é gerar 130 empregos diretos e agregar R$ 400 mil por mês de renda aos trabalhadores da unidade

Por Lucas Oliveira Bicudo em 22/07/2019

   

(Foto: Lucas Oliveira Bicudo / ClicSoledade)
Somave Alimentos é inaugurada e atividades devem iniciar em breve em Soledade

Após três anos de espera, a Somave Alimentos inaugurou sua unidade em Soledade. O ato aconteceu na tarde de sábado, 20/7, em solenidade que foi prestigiada por aproximadamente 250 pessoas. A expectativa é que, em breve, as atividades iniciem, gerando 130 empregos diretos e outros 70 indiretos.

Tadeu Grando, gerente industrial, enfatizou o quanto foi importante a sensibilização e o carinho com que foram recebidos em Soledade. “Nossa relação sempre foi pautada pela seriedade, respeito, transparência e ética e aqui encontramos pessoas de valores semelhantes. O filho nasceu, agora é preciso educá-lo, consolidar e solidificar dentro dos valores e princípios de qualidade da Somave”, observou.

Ele pediu a todos que ajudem a fazer o sucesso deste empreendimento, se tornar a família Somave Soledade. “Nesse início de jornada precisamos de amor de pai, de mãe, amor de dono pela empresa, só assim vamos crescer, nos tornar fortes, possibilitando o crescimento e evolução deste projeto tão aguardado pelo município”, aduziu.

Acrescentou ainda que a empresa está no município para oferecer trabalho e oportunidade. “De nossa parte faremos o possível para tornar a Somave um ambiente ideal para o desenvolvimento das pessoas, sem receio de troca de ideias, de informações, sobretudo agradável, solidário e fraterno, mas de muito trabalho, respaldado pelas nossas políticas de qualidade e valores”, pontuou.

Marilda Borges Corbelini, vice-prefeita e secretária de Indústria, Comércio, Serviços e Turismo, recordou que em 2014 iniciaram as tratativas. “Conhecemos o Jeferson, representante da empresa, logo após fomos até a sede da Somave, no Paraná, onde fomos muito bem recebidos. Desde então começamos a busca das áreas até a concretização, foram anos de lutas e desafios”, assinalou.

Ela afirma que é a realização de um sonho, a concretização de um projeto de longo prazo. “Certamente dará muitos frutos aqui no município, é uma nova matriz produtiva que agregamos em nossa economia. Soledade, terra dos Monges Barbudos, das Sesmarias, do setor primário, do comércio, das pedras preciosas e agora também da Somave”, vibrou.

O prefeito Paulo Cattaneo salientou que o dia 20 de julho de 2019 é uma data história para o município. “Teremos uma Soledade antes e outra depois da operação da Somave, pois, a partir de agora, passamos a fazer parte do mercado nacional e internacional desta importante atividade econômica, que se chama avicultura, e que vem agregar aos demais que já temos”, destacou.

Assinala que o Brasil é o maior celeiro do mundo, estando em terceiro lugar no mundo em produção de carne de frango. “São mais de 12 milhões de toneladas produzidas anualmente, reunindo mais de 3,5 milhões de trabalhadores no país, sendo 350 mil diretamente nas plantas frigoríficas e mais de 130 famílias no campo, proprietários de aviários do sistema integrado”, relatou.

Cattaneo enfatizou que a Somave investiu R$ 15 milhões com recursos próprios na construção e instalação da empresa. “Inicia trabalhando em um turno, gerando 130 empregos diretos e outros 70 indiretos, podendo a curto prazo funcionar em dois turnos, possibilitando que seja dobrada a produção e número de funcionários. Tem a perspectiva que, em médio prazo, fazer parceria com nossos produtores rurais, instalando em suas propriedades aviários via sistema de integração”, concluiu.

Olavo Lucena, um dos sócios-proprietários e diretor da empresa, emocionado, falou da felicidade em concretizar este projeto. “Amigos, vocês estão diretamente ligados ao nosso sucesso e resultados, contamos com cada um de vocês para consolidação. Hoje é um dia muito especial para nós, a Somave tem imenso prazer em inaugurar sua nova unidade industrial”, garantiu.

Lembrou que o apoio do poder público foi fundamental para escolha de Soledade. “Consultamos diversos municípios, porém a receptividade que tivemos, a atenção dada, contribuíram para tomada de decisão. Nossos pilares centrais são a ética e respeito e nossa política de qualidade, baseada em processos, no bem-estar animal, segurança e a qualidade final de nossos produtos”, ponderou.

Somave iniciou suas atividades em fevereiro de 2008, em Cidade Gaúcha, PR. “São mais de 11 anos de muito trabalho, desafios e conquistas. Tomamos decisões responsáveis e lutamos todos os dias para um futuro melhor para empresa e todos os envolvidos. Atualmente, são 2,7 mil empregos diretos e indiretos, e nossa marca alcançou reconhecimento em várias regiões do Brasil e possuímos habilitação para exportar para mais de 50 países”, finalizou Lucena.

A solenidade de inauguração também contou com a presença de diversas autoridades. Representando o parlamento gaúcho, o deputado Gilberto Capoani, o senador federal e a presidência da República, senador Luiz Carlos Heinze, o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado federal Alceu Moreira, prefeito de Cidade Gaúcha, Alexandre Lucena, e o presidente do legislativo soledadense, José Elton de Moraes.

Unidade em Soledade
A Somave Alimentos está localizada às margens da ERS 332, Km 108, trecho que liga Soledade a Espumoso. A unidade tem 4 mil m² e capacidade para abater 12 mil aves por dia, ou seja, 38 toneladas de produto acabado e pronto para abastecer o mercado e será o único frigorífico do Rio Grande do Sul com o SIF (Serviço de Inspeção Federal) para abate de galinhas e galos.

Conforme projeções, assim que começar a operar, a empresa deve agregar uma renda aos trabalhadores de R$ 400 mil por mês e R$ 4,8 milhões/ano. Já em relação ao faturamento, o valor deve girar em torno de R$ 3,5 a 4 milhões ao mês. O início das atividades dependem da contratação de um médico veterinário ligado ao Ministério da Agricultura.




   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade