Mulher é morta asfixiada pelo marido no bairro Botucaraí em Soledade

Crime aconteceu na madrugada desta sexta-feira, 26/7, e autor foi preso em flagrante pela Brigada Militar

Por Redação em 26/07/2019

   

(Foto: Arquivo Pessoal)
Mulher é morta asfixiada pelo marido no bairro Botucaraí em Soledade

O primeiro caso de feminicídio foi registrado em Soledade, onde Lidiane da Silva dos Santos, de 30 anos, foi morta pelo seu marido por asfixia. O crime ocorreu na madrugada desta sexta-feira, 26/7, por volta das 2h, na Rua Oswaldo Cruz, no bairro Botucaraí, e o autor foi preso em flagrante pela Brigada Militar.

Inicialmente, os policiais foram chamados para atender a um suposto suicídio. A unidade do Samu também foi acionada para atender o caso, que chegou antes da BM, que estava em outra ocorrência. A informação era de que a vítima ainda estava respirando, porém ao chegarem no local, os socorristas encontraram a mulher já sem vida.

Os profissionais verificaram que haviam marcas de violência no pescoço, o que impossibilitariam um suicídio. No local estava D. G. L., também de 30 anos, que é marido de Lidiane, e que com a chegada da Brigada Militar, ele ficou muito nervoso e transtornado. O homem tinha em seu desfavor medidas protetivas que não permitiam que se aproximasse da sua esposa.

Com a materialidade do crime, a polícia prendeu o acusado em flagrante por feminicídio utilizando de asfixia. A BM encaminhou para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Soledade (DPPA), onde após foi encaminhado para o sistema penitenciário. Lidiane seria natural de Ipê-RS, mas residia no município.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade