Valor mínimo do piso dos assalariados rurais da região é reajustado em 4%

Acordo Coletivo de Trabalho foi negociado nesta quinta-feira (8), no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Soledade e Mormaço

Por Redação em 08/08/2019

   

(Foto: Divulgação / STR)
Valor mínimo do piso dos assalariados rurais da região é reajustado em 4%

Como acontece anualmente, o Sindicato Rural e Sindicato dos Trabalhadores Rurais discutem a Convenção Coletiva de Trabalho. Em reunião na manhã desta quinta-feira, 8/8, foi realizada a negociação e acordado o reajuste de 4% em relação ao salário de 2018, onde o valor mínimo do piso para os assalariados rurais será de R$ 1.296,15.

Este montante é retroativo a data base de fevereiro de 2019. De acordo com Alessandro Gasparin, presidente do STR, a sua proposta, que foi apresentada no início do ano, foi de 8%. “Já o sindicato patronal nos propôs 3,4%, e acabamos chegando a um denominador comum. Não é o valor ideal, mas consideramos a atual conjuntura econômica”, pontuou.

A única cláusula que foi alterada na Convenção Coletiva de Trabalho foi esta referente ao salário, e este acordo é válido para todos os assalariados rurais que possuem carteira assinada. “Inclusive, aqueles que desejarem ter uma cópia deste documento, basta vir até o Sindicato dos Trabalhadores Rurais que disponibilizamos”, completou.

Também participaram do encontro, os presidentes dos SRT’s de Ibirapuitã, Leocir Scherner, e de Ernestina, Paulo Baumgratz, o assessor da Fetar, Eloy Leon, o presidente do Sindicato Rural de Soledade, José Pedro Turela e o contador desta entidade, Nilton Rocha, bem como dirigentes e funcionários.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade