Confirmada climatização de um dos pavilhões do Parque de Eventos de Soledade

Equipamento deve estar instalado até o final de outubro e já estará disponível para a Feira Soledade é Joia

Por Redação em 27/09/2019

   

(Foto: Divulgação )
Confirmada climatização de um dos pavilhões do Parque de Eventos de Soledade

O problema de calor existente dentro dos pavilhões do Parque de Eventos Centenário Rui Ortiz será resolvido. Foi confirmada a instalação de climatizadores evaporativos, que neste primeiro momento será no local onde ocorre a Feira Soledade é Joia e em março de 2020 também no pavilhão em que se realiza a Feira de Indústria, Comércio e Serviços na Exposol.

De acordo com Gilberto Bortoluzzi, o Sindipedras, ACIS e Appesol se uniram para conseguir viabilizar o projeto. “No total, as três entidades vão colaborar com R$ 72 mil. Já a Aprosol com R$ 100 mil, que posteriormente este montante será recompensado com reajuste nos valores dos estandes nas próximas feiras”, explica.

Em relação ao outro pavilhão, ele salienta que a Prefeitura Municipal vai abrir licitação pública para instalação do equipamento. “Considero o melhor avanço dos últimos anos, pois a reclamação era recorrente e refletia no desconforto dos visitantes assim como na venda dos produtos pelos expositores”, pontua.

Conforme projeto, serão instalados 8 climatizadores evaporativos e quatro exaustores em cada um dos pavilhões. O sistema trabalha por pressão positiva, que capta o ar de fora do ambiente, retirando o calor e resfriando o local. O equipamento proporciona conforto térmico ao mesmo tempo que renova o ar e diminui a temperatura em até 12ºC.

Bortoluzzi finaliza dizendo que este investimento conjunto entre as entidades vai possibilitar um salto de qualidade. “Estivemos visitando a empresa e percebemos que o equipamento é eficaz. Importante salientar que os climatizadores poderão serem utilizados por todos que realizam eventos no parque”, conclui.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade