Acampamento de adolescentes promove ações comunitárias e atividades educativas em Soledade

2300 pessoas devem comparecer ao evento promovido pela Organização Adventista, que ocorrerá no Parque de Eventos Centenário Rui Ortiz.

Por Redação em 14/11/2019

   

(Foto: Divulgação)
Acampamento de adolescentes promove ações comunitárias e atividades educativas em Soledade

A Igreja Adventista do Sétimo Dia realizará um Campori, um acampamento direcionado a adolescentes de 10 a 15 anos, no Parque de Eventos Centenário Rui Ortiz, na cidade de Soledade (RS). O evento ocorrerá de 14 a 17 de novembro, com o tema “O Bom Combate”, baseando as atividades na história de vida do personagem bíblico Apóstolo Paulo.

Como Paulo era cidadão romano, a decoração do evento irá remeter a antiga cidade europeia. Exemplo disso é o portal de entrada do pavilhão 1, que será uma réplica do Coliseu. Alguns prêmios de competições serão imitações de moedas romanas.

“O tema ‘O Bom Combate’ remete a fidelidade de Paulo. Sendo um grande perseguidor dos cristãos, ele se tornou um grande evangelizador. Paulo encerra seu ministério com essa fala: ‘Combati o bom combate’”, explica Marcio Xavier, líder do departamento de Desbravadores no escritório administrativo da Igreja Adventista que gere as atividades da organização no norte gaúcho.

O Clube de Desbravadores existe desde 1950 e foi criado com base nas diretrizes e no perfil dos grupos de Escoteiros.

Os Desbravadores estão presentes em mais de 160 países, levando consigo o propósito de promover educação, disciplina e saúde. Os integrantes são estimulados a participar de atividades em contato com a natureza, tais como rapel, trilhas em florestas e acampamentos. Também é incentivado o estudo da fauna e da flora.

Outro grande foco das ações dos Clubes de Desbravadores é a atuação em prol da comunidade. Seus participantes arrecadam recursos para serem doados a pessoas em vulnerabilidade social e promovem ações com viés solidário, como limpeza de vias e praças públicas, atividades recreativas e educativas.

Todos esses pilares que sustentam o trabalho e as realizações dos Desbravadores estarão presentes no Campori O Bom Combate. Competições como a de Ordem Unida – formação de marcha praticada por militares – e construção de balsas para navegação, vão envolver todos os participantes.

Na maior parte do período do acampamento o parque do Exposol será utilizado exclusivamente pelos desbravadores, não permitindo a entrada do público externo. Para o uso particular do espaço, a Igreja Adventista conseguiu a permissão da prefeitura de Soledade por meio de um alvará.

Entretanto, a programação do sábado (15) será dedicada a comunidade tanto nas dependências do Exposol, quanto fora delas. No pavilhão 1 do parque, haverá um culto com apresentações musicais e palestras. No período da tarde haverá um concurso de oratória e outro concurso sobre temáticas bíblicas.

Já na Praça Central Olmiro Ferreira Porto, também no sábado (15) uma feira oferecerá orientações e atividades sobre vida saudável, gratuitamente, das 13h às 16h. Os visitantes poderão conhecer oito remédios naturais que previnem inúmeras doenças, além de realizar testes de glicemia, aferição de pressão, entre outros exames. Quem comparecer a feira também poderá assistir a um desfile de Ordem Unida e a apresentação de uma fanfarra.

A expectativa dos organizadores é de que cerca de 2300 pessoas, vindas de mais de 21 cidades da região norte do estado do Rio Grande do Sul, compareçam ao Campori. Dessas, 100 voluntários trabalharão coordenando as provas, erguendo as estruturas e a decoração, integrarão a equipe de segurança, orientarão o trânsito, entre outros setores.

Não é necessário ser membro ou ter algum tipo de ligação com a Igreja Adventista para integrar um Clube de Desbravadores. O visitante que desejar fazer parte de um, deve procurar os organizadores para se inscrever no Clube mais próximo.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade