Polícia Rodoviária Federal encerra Operação Proclamação da República

Ao longo deste feriado, foram registrados 07 acidentes com feridos; 10 pessoas com lesões; nenhuma morte

Por Redação em 18/11/2019

   

(Foto: Divulgação / PRF)
Polícia Rodoviária Federal encerra Operação Proclamação da República

A Polícia Rodoviária Federal encerrou às 23h59 de domingo (17) a Operação Proclamação da República 2019, que iniciou na quinta-feira (14). Na região de competência da Delegacia da PRF em Lajeado, entre Vitor Graeff e Nova Santa Rita, na BR-386, e ainda parte da BR-470, a equipe contou com reforço no efetivo, em especial na quinta-feira à noite, na sexta-feira pela manhã e no domingo a partir das 14h.

A saída para o feriado foi mais tranquila, com fluxo intenso no sentido capital-interior, porém bem distribuído. Já no domingo, retorno do feriadão, o aumento do fluxo se deu no sentido contrário, com início já no começo da tarde, estendendo-se até as 22h, aproximadamente.


Durante toda a operação, aconteceram sete acidentes que resultaram em lesões nos envolvidos. Nos demais acidentes, em sua maioria colisões traseiras, houve apenas danos materiais nos veículos. Nenhuma morte ocorreu durante o feriado.

Comparativo
2018 - 06 acidentes com feridos; 06 pessoas com lesões; quatro mortes
2019 - 07 acidentes com feridos; 10 pessoas com lesões; nenhuma morte

Foram fiscalizados 492 veículos e confeccionados 142 autos de infração, a maior parte deles por ultrapassagens irregulares e pela falta do uso do cinto de segurança. O teste do etilômetro foi realizado em 254 condutores. Dez deles foram autuados pelo uso de álcool, e dois foram detidos e encaminhados à polícia judiciária.

Nas ações de educação para o trânsito, houve o atendimento a 307 pessoas durante as abordagens em automóveis e ônibus. Motoristas e passageiros foram orientados sobre a importância de se ter atitudes responsáveis na rodovia.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade