1ª Caravana da RTC percorre mais de 1000 km em busca de informação agrícola

Iniciativa teve a participação de 24 cooperativas associadas à CCGL e encerrou no último dia 30/2, após quatro dias

Por Redação em 12/02/2020

   

(Foto: Divulgação )
1ª Caravana da RTC percorre mais de 1000 km em busca de informação agrícola

Após quatro dias de viagens com agregação de conhecimento, interação entre cooperativas, partilha de ideias e discussão sobre tecnologias capazes de garantir a sustentabilidade e rentabilidade da agricultura no Rio Grande do Sul, encerrou-se no último dia 30/2 a 1ª Caravana RTC. A iniciativa teve a participação de 24 cooperativas associadas à CCGL.

O projeto percorreu mais de 1000 km, com visitas às estações experimentais da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Também foram em propriedades rurais, conversaram com produtores em diferentes regiões do Estado, além de visitas às cooperativas Cotrisal e Cotripal, experimentos na Embrapa, entre outras atividades.

O encerramento ocorreu na cooperativa central, com palestra sobre a inovação e os impactos da tecnologia digital na era da indústria 4.0. Após, o presidente da CCGL, Caio Vianna, o presidente da FecoAgro/RS, Paulo Pires, e o gerente de Pesquisa da CCGL e idealizador do projeto, Geomar Corassa, realizaram um discurso de agradecimento pelo envolvimento das cooperativas e participação na Caravana. Além disso, houve entrega de certificados e também um jantar de confraternização entre os presentes.

Para Geomar, as experiências vivenciadas pelas cooperativas ao longo da caravana serão traduzidas em rentabilidade e informação para os produtores cooperados. Geomar ressalta, ainda, que a RTC segue empenhada em promover projetos e eventos em prol do desenvolvimento do cooperativismo e da agricultura gaúcha. A caravana foi promovida pela RTC, contou com o apoio da CCGL e patrocínio do Terminal Marítimo Luiz Fogliato S/A – Termasa.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade