Aprenda a escolher o chapéu

Dicas para o verão

Por Redação em 04/01/2010
nao. (Foto: Mariana Teixeira)
Aprenda a escolher o chapéu

Os chapéus já se incorporaram ao nosso dia a dia, se transformando em mais um acessório, competindo ou coordenando com a bijuteria e a bolsa. Porém, chapéus têm tanto senso de humor quanto formalidade. Pode vestir sublime, ou, no descuido, parecer caricato. Acertar o modelo começa na hora da escolha.

::: Rostos graúdos e corpo pesado não combinam com chapeuzinhos pequenos ou gorros e boinas apertados. Caras miúdas somem se o acessório é muito vistoso.

::: Não tente combinar o chapéu com a roupa. Vai parecer figurino da Rainha da Inglaterra. Eles funcionam melhor como ponto de contraste.

::: Contraste também com o formato de rosto: formas arredondadas suavizam traços angulosos, e os modelos geométricos favorecem o rosto redondo.

::: Esqueça os chapéus glamourosos das atrizes hollywoodianas. Quanto mais casual o chapéu, melhor o efeito. Simplicidade é o recado.

::: A melhor cor vai depender de cada pessoa. Para quem não quer o chapéu como destaque, a cor próxima do tom do cabelo chama menos atenção e combina com todas as roupas. Os neutros também garantem menor notoriedade

::: Chapéus com abas ficam melhor em cabelos curtos, médios ou presos. Modelagens sem aba, como as boinas, podem ser usados com cabelos longos.

::: A colocação do chapéu é detalhe importante: se estiver muito caído para frente, ele reduz e destaca as feições. Muito para trás, cria um ar despreocupado. Uma ligeira inclinação para o lado deixa o visual mais jovem.

::: Mulheres que usam óculos podem estabelecer um ponto de atenção nas abas, desviando a atenção da linha dos olhos.

::: Na praia, pegue leve nos enfeites. Óculos escuros e brinco pequeno são suficientes. Fique longe do preto. Além de esquentar a cabeça, confere um ar formal.

::: Os materiais praianos podem ser palha fina, tecido ou crinol. Um lenço envolvido na copa confere charme extra, mas cuide para que as cores não briguem com o biquíni.

::: Ao tirar o chapéu em restaurantes, coloque-o em cima da bolsa. No cinema ou no teatro, conserve-o no colo.

Fonte: clicrbs.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade