Pés prontos para o verão

Cuide bem deles

Por Redação em 08/01/2010
nao. (Foto: Divulgação)
Pés prontos para o verão

Verão é tempo de exibir os pés em sandálias, na praia ou na cidade. Mas antes de colocar os dedinhos de fora é preciso checar se eles estão bem-cuidados, sem ressecamento, micose ou rachaduras, problemas que costumam acometer essa parte do corpo.


A micose aparece quando há umidade nos pés. Para evitá-la, a dermatologista Daniela Schmidt Pimentel recomenda secá-los bem após o banho - uma dica é usar secador de cabelo por um minuto. Indica-se, ainda, não usar o mesmo calçado por dois dias seguidos. "Vale colocá-lo em ambiente arejado, se possível, onde tenha sol. Somente depois é que se deve guardá-los ."


Usar calçados abertos também pode favorecer o ressecamento e rachaduras nos pés. Para escapar desses problemas, a médica sugere o uso diário de cremes específicos para a área, com maior potencial de hidratação.


Sapatos novos podem causar outro problema: bolhas. O melhor é não estourá-las, mas caso se rompam, segundo Daniela, é fundamental cobrir a pele da região e lavar o local com água e sabonete.


Ir à pedicure é o ideal para cuidar de unhas e cutículas. A esteticista Nilza Bittencourt diz que a unha - que deve ser cortada bem reta - não deve ser muito curta, para que não se encrave, nem muito comprida, para não acumular sujeira. Na praia, o protetor solar também vale para os pés. Caso haja feridas, é indicado evitar o contato delas com a areia.


Para relaxar, massagens. Nilza dá uma receita: deixar os pés de molho por cerca de sete minutos em água morna com vinagre (1 litro de água para 100 ml de vinagre) e depois massageá-los com hidratante ou óleo de amêndoas. "Ajuda a melhorar a circulação sanguínea. E o relaxamento dos pés se propaga para todo o corpo", diz.

Fonte: yahoo.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade