'Avatar' lidera bilheterias internacionais pela 10ª semana

Avatar lidera.

Por Bruno Quevedo em 22/02/2010
nao. (Foto: Reprodução)

Sem mostrar cansaço nas bilheterias internacionais, Avatar continuou pela décima semana consecutiva no primeiro lugar mundial, com arrecadação de US$ 51 milhões.

O blockbuster do diretor James Cameron já acumulou US$ 1,78 bilhão fora dos Estados Unidos e Canadá, com seu total global arrecadado agora atingindo a marca de US$ 2,47 bilhões.

Além de seu recorde mundial em dólares, Avatar já superou o marco do sucesso global de bilheterias Titanic, de 1997, considerando também os ajustes inflacionários.

O maior mercado fora dos EUA e do Canadá continua sendo a França, onde Avatar arrecadou US$ 6,3 milhões neste fim de semana, aumentando o total acumulado no país para US$ 165,1 milhões.

O filme Shutter Island, de Martin Scorsese, que estreou em primeiro lugar na América do Norte, arrecadou US$ 9,1 milhões em nove mercados estrangeiros. A Espanha (US$ 3,4 milhões) esteve na liderança, seguido por Austrália (US$ 2,5 milhões) e Rússia (US$ 1,3 milhão).

Percy Jackson e os Olimpianos: O Ladrão de Raios ficou em terceiro, com US$ 23,2 milhões arrecadados no fim de semana; aumentando o total internacional para US$ 67,9 milhões. Idas e Vindas do Amor chegou próximo, com US$ 23 milhões, e um total de US$ 71,3 milhões.

Lobisomem ficou em quarto, acumulando US$ 16 milhões. Seu total no exterior chegou a US$ 46,7 milhões. A Princesa e o Sapo ficou com o quinto lugar depois de um fim de semana de US$ 12,1 milhões. Seu total internacional aumentou para US$ 131,5 milhões.

Estreando em 15 novos países, Um Olhar do Paraíso gerou US$ 7,2 milhões neste fim de semana de um total de 21 nações. O thriller fantasia do diretor Peter Jackson começou em quarto lugar na Grã-Bretanha (US$ 2,7 milhões). Seu total internacional fica em US$ 25,4 milhões.

Fonte: Terra, da Reuters

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade