Ações do Estado para irrigação dependem das prefeituras, afirma Yeda

Yeda comentou também a liberação de R$ 50 mil para prefeituras em situação de emergência

Por ZERO HORA em 08/05/2009

   

sim. (Foto: Clóvis Morais, Divulgação)
Ações do Estado para irrigação dependem das prefeituras, afirma Yeda

Em entrevista ao Jornal do Almoço, na RBS TV, a governadora Yeda Crusius falou sobre medidas que o governo do Estado está tomando para auxiliar a agricultura no Estado frente à seca. Sobre ações para a irrigação Yeda afirmou que o Estado comprou máquinas e perfurou poços em diversas propriedades, porém muitos não tem canalização, que deveria ser feito pelas prefeituras:

— Em metade (dos casos), o poço está ali, a água está disponível, mas não há canalização — afirmou Yeda, lembrando que esta é de responsabilidade das prefeituras.

Agora as administrações municipais poderão utilizar recursos liberados pelo governo do Estado para este trabalho:

— Até R$ 50 mil as prefeituras passam receber agora, que é para dar início a essas obras de canalização. E isto é dinheiro do Estado, não é dinheiro que a prefeitura precise dar qualquer contrapartida, todas as em situação de emergência vão ter no seu caixa mais R$ 50 mil.

Yeda disse que o enfrentamento do problema da estiagem, que atinge o Rio Grande do Sul a cada quatro anos em média, avançou em dois anos. Segunda ela, "há uma política de irrigação, há financiamento para irrigação". As barragens de Jaguari e Taquarembó, em construção, irão reservar as águas dos rios, afirmou.

— Deve haver uma conscientização, não apenas nos modos de plantio. As prefeituras devem priorizar mesmo que tenha água esse ano, como nos últimos dois anos. Vamos reservar água e vamos levá-la até onde as pessoas estão — alertou.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade