Lideranças se mobilizam para reconstrução das pontes levadas pela enxurrada

Fontoura Xavier

Por Redação em 03/03/2010

   

nao. (Foto: Cassia Lopes)
Lideranças se mobilizam para reconstrução das pontes levadas pela enxurrada

Passados 60 dias da enxurrada que destruiu pontes, estradas, bueiros e pontilhões, onde nenhum município afetado recebeu repasses para reconstrução, lideranças municipais, regionais, estaduais e federais se mobilizaram, juntamente com a comunidade de Fontoura Xavier, para buscar agilidade no processo, principalmente para a reconstrução das duas grandes pontes que foram levadas pela força da água em janeiro. Uma delas, com 74 metros de comprimento e 35 metros de altura, ligava Fontoura Xavier com Barros Cassal. A outra ligava Fontoura Xavier ao município de Progresso e possuía mais de 100 metros de cumprimento. Centenas de pessoas dependem das pontes para se deslocarem entre os municípios e escoar safra, pois muitos residem em um município, mas produzem em outro.

A mobilização aconteceu na última segunda-feira (01), nos dois locais onde haviam as pontes e contou com a presença do Prefeito Municipal de Fontoura Xavier José Flávio Godoy da Rosa, vice-prefeito Antoninho de Góes, deputado Federal Enio Bacci, deputados Estaduais Adão Villaverde, Gilberto Capoani e Adolfo Brito, presidente da Câmara de Vereadores de Fontoura Xavier Luis de Farias, secretários municipais, Capitão Gerson Correa de Mello da Defesa Civil, presidente da Associação dos Municipios do Alto da Serra do Botucaraí – AMASBI e prefeito de Soledade Gelson Cainelli prefeitos municipais de Barros Cassal Ivo Facchi, Gramado Xavier Reni Giovanaz, São José do Herval Ademar Zanella, Pouso Novo Jovani Nardino, Progresso Edegar Cerbaro e vice Luiz Fernando Dalcin, gerente de Cidades de Tio Hugo Ivanir Born, além dos meios de comunicação.

Todas as autoridades afirmaram que vão buscar juntos uma solução para essa questão, que necessita de uma atenção especial, pois as pontes são de muita valia para os municípios.

Na oportunidade, José Flávio anunciou que a avaliação do exército para construção de pontes temporárias flutuantes não foi positiva. Segundo ele, o exército alegou que a construção das pontes seria inviável devido a profundidade do rio Fão. Ainda assim, o prefeito explicou que não irá desistir da reconstrução das pontes. “Estamos lutando para trazer recursos. Centenas de pessoas necessitam diariamente se deslocar de um município para o outro e são obrigadas a fazer uma volta muito grande para chegar em seu destino. Não vamos descansar e esquecer esta questão”, afirma.

Nesta quarta-feira (03), os prefeitos municipais de Fontoura Xavier, Barros Cassal, Progresso, São José do Herval e Pouso Novo, acompanhados dos deputados estaduais Adão Villaverde, Gilberto Capoani, deputados federais Marco Maia e Enio Bacci, e do senador Paulo Paim, estarão em uma audiência em Brasília na Casa Civil para reforçar o pedido de recursos para construção das pontes.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade