Fotógrafo americano inova com retratos 'de cabeça para baixo'

O americano Brandon Voges fotografa pessoas de cabeça para baixo. O resultado são feições alteradas pela gravidade.

Por Bruno Quevedo em 04/03/2010
nao. (Foto: Brandon Voges)
Fotógrafo americano inova com retratos

Aficionado da fotografia experimental, o americano Brandon Voges descobriu uma maneira inusitada de fazer retratos fora do comum: colocando os sujeitos das fotos de cabeça para baixo e depois mostrando as imagens ao contrário. O resultado são faces com feições alteradas pela força da gravidade.

Brandon, de 33 anos, trabalha para um estúdio de publicidade em Saint Louis, no Estado do Missouri, e diz que a ideia, posta em prática no ano passado, foi uma evolução de uma série que havia feito alguns anos antes pessoas fotografadas com uma luz ultrarrápida enquanto chacoalhavam a cabeça.

“Eu realmente gostei da ideia de fazer retratos os quais as pessoas pudessem olhar e não saber imediatamente o que havia de ‘errado’ com elas, somente que alguma coisa estava estranha. Algumas imagens são mais óbvias do que as outras”, diz Voges ao explicar seu projeto “Upside Down Face” (Rosto de Cabeça para Baixo).

Para recrutar as pessoas a participarem de seu experimento, Voges enviou mensagens por e-mail a amigos e colegas para explicar seu projeto e pedir voluntários. Com dezenas de respostas positivas, ele organizou uma grande festa regada a cerveja, durante a qual as fotos foram feitas.

A parte prática da sessão de fotos foi resolvida pendurando os sujeitos das fotos amarrados pelos pés em frente a uma tela.

Segundo Voges, as pessoas se mostraram muito à vontade durante a sessão de fotos. “Algumas pessoas queriam ficar de cabeça pra baixo enquanto revisávamos as imagens”, conta.

Ao final da sessão, ninguém ficou ferido nem passou mal. “Tomamos todas as precauções para fazer tudo da maneira mais segura possível”, diz ele.


Fonte: BBC Brasil

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade