Com time misto, Grêmio vence Avenida por 3 a 1 fora de casa

Estreante Edilson fez um dos gols do Tricolor e deu passe para outro.

Por Bruno Quevedo em 04/03/2010
nao. (Foto: Diego Vara)
Com time misto, Grêmio vence Avenida por 3 a 1 fora de casa

por Tatiana Lopes

Com time misto, o Grêmio visitou o Avenida no Estádio Eucaliptos na noite desta quarta, pela primeira rodada da Taça Fábio Koff, e venceu por 3 a 1. O início foi fulminante. O relógio ainda nem marcava um minuto de jogo quando Maylson abriu o placar para o Tricolor. Ainda no primeiro tempo, o estreante Edilson fez o segundo. Fábio Pinho, em uma falha da defesa gremista, descontou. No segundo tempo, Jonas fechou o placar com um gol aos 38 minutos.

Grêmio fulminante no início

A saída de bola no primeiro tempo foi do Avenida, mas o Grêmio ficou com a posse de bola logo no início. Em velocidade avançando ao ataque, Jonas lançou Maylson na medida. O jogador apareceu na entrada da área, dominou e chutou para abrir o placar.

Aos oito, o Avenida assustou em cobrança de falta de Cassel, que forçou Victor a espalmar. A bola sobrou para Bruno Collaço, que colocou para escanteio. Aos 11, Alê Menezes foi lançado no ataque, mas Victor saiu do gol e tirou com os pés.

Mas aí, o Grêmio apareceu com efetividade no ataque mais uma vez. O estreante Edilson recebeu no lado direito, carregou a bola até entrar na área e chutar cruzado para ampliar.

Avenida vence zaga desentrosada

Com zaga nova composta por Mário Fernandes e Rodrigo, além do estreante Edilson na lateral-direita e o reserva Bruno Collaço na esquerda, a defesa do Grêmio mostrou falta de entrosamento. Contribuindo para a fragilidade do setor, o volante Willian Magrão iniciou como titular depois de bastante tempo por causa de lesão. E assim o Avenida foi descobrindo o caminho para tentar vencer Victor.

Aos 22 minutos, em bola alçada na área tricolor, Rudi cabeceou para fora. Em seguida, Jonas deu a resposta chegando ao ataque e encobrindo o goleiro, mas a bola foi afastada por um adversário na frente do gol.

Miro Bahia e Fábio Pinho forçaram Victor a fazer grandes defesas antes de sair o gol do Avenida. Aos 43 minutos, a zaga gremista falhou. Em bola alçada na área, Mário tirou de cabeça para trás e a bola caiu nos pés de Fábio Pinho, que bateu forte para descontar.

Segundo tempo

Silas tirou Fábio Rochemback e colocou Adilson no meio-campo do Grêmio. O Avenida começou pressionando, e Diego Eli arriscou chute do lado direito da área para o gol aos três minutos, mas foi para fora.

Aos 11 minutos, Mário Fernandes protagonizou ótimo lance, que por pouco não resultou em gol. O zagueiro roubou a bola dentro da área tricolor, evitando gol do Avenida, arrancou em velocidade, tabelou com Jonas e chegou ao ataque. Na hora do chute... foi para fora.

Jonas, que não conseguiu criar muito no jogo, fez boa jogada pela esquerda aos 15. Entrou na área, chutou, e o goleiro rebateu. Na sobra, William e Hugo furaram na bola e não conseguiram completar.

O Grêmio chegava mais. O Avenida tentou empatar na bola parada, em boa falta cobrada por Cassel, de longe. Uma pancada e Victor defendeu no meio do gol aos 17. Aos 24 e 26, o Tricolor assustou em finalizações de Willian Magrão e Hugo, para fora.

As últimas torcas do Grêmio foram Willian Magrão por Fernando e William por Mithyuê.

O apagado aparece e faz dancinha

Jonas voltou a marcar. De contrato renovado, o atacante que não vinha tendo sucesso nas finalizações não saiu de campo sem deixar sua marca. Aos 38, Edilson cruzou certinho para o atacante empurrar para o gol e fazer 3 a 1. Como de costume, ele comemorou com dancinha.

Fonte: zerohora.com

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade