D'Alessandro garante empate do Inter contra o Veranópolis

Com gol de pênalti, time reserva do Inter empata em 1 a 1 fora de casa.

Por Bruno Quevedo em 15/03/2010

   

nao. (Foto: Juan Barbosa)
D

O Inter empatou em 1 a 1 com o Veranópolis, nesta tarde de domingo, pela terceira rodada da Taça Fábio Koff - o segundo turno do Gauchão 2010. A partida foi disputada no Estádio Antônio David Farina, em Veranópolis, na serra gaúcha.

Com o resultado, o Inter vai a 7 pontos, e segue na 2ª colocação do Grupo 2. O São José-Poa lidera, com a mesma pontuação, mas número maior de gols marcados. O Veranópolis chega ao primeiro ponto no segundo turno.
Romano abriu o placar para o Veranópolis. D'Alessandro empatou, em cobrança de pênalti, para o Inter.

Novidade tática

Se com o time titular o técnico
Jorge Fossati não abre mão dos sistemas com três zagueiros, os reservas apresentaram uma inovação tática em Veranópolis. O treinador colorado passou Nei para a lateral-esquerda, improvisou o zagueiro Wágner Silva na direita, e armou uma espécie de 4-4-2.

Andrezinho foi segundo volante, com Thiago Humberto e Taison revezando-se entre o auxílio a D'Alessandro na articulação, e a companhia a Leandro Damião na frente.

Com muita movimentação do quarteto ofensivo, o Inter enfileirou oportunidades de gol. Todas desperdiçadas, a maioria por Leandro Damião. Em algumas faltou pontaria - dois erros aconteceram sem goleiro; noutras, o centroavante deu azar, como no lance em que arriscou de letra, e quase acertou o ângulo.

Pegos no pulo

O Veranópolis, mesmo jogando em casa e contra os reservas do Inter, mal conseguia ultrapassar a linha divisória. A primeira vez que o time da Serra chegou foi com o atacante Kito, após erro de Ronaldo na saída de bola.
Kito foi derrubado. Na cobrança, Romano bateu rasteiro. E a barreira do Inter pulou, enganando o goleiro Lauro. Paralisado, ele apenas assistiu à bola entrar vagarosamente:
Veranópolis 1 x 0 Inter, aos 36min.

Vermelhou

O segundo tempo entrou em ebulição. O Veranópolis com bravura lutando para sustentar a vitória, e quem sabe ampliá-la; e o Inter buscando o empate, ou até a virada.

Mas a correria das duas equipes acirrou ânimos. D'Alessandro se irritou com a sequência de faltas de Fernando Miguel. Houve discussão. E os lances ríspidos só aumentaram.

Cris cometeu falta duríssima sobre Andrezinho, e foi expulso. Na sequência, Wilson Mathias parou contra-ataque do VEC, e também levou cartão vermelho. No final, houve tempo para Ronaldo ser excluído pelo segundo amarelo.
D'Alessandro, o persistente
Interessado desde o início da partida, D'Alessandro não se intimidou com a marcação individual de Fernando Miguel. E seguiu partindo para cima do volante adversário.

Agarrado pela camisa, puxado e bloqueado pelas pernas de Fernando Miguel, D'Alessandro foi derrubado na área.

Pênalti, que o próprio argentino
cobrou, para empatar, aos 33min do 2º tempo: 1 a 1. Placar que perdurou até o final da partida. Kléber Pereira chegou a marcar o gol da virada, aos 48min, mas o lance foi anulado por impedimento.

Próximos jogos

Com os titulares, o Inter volta a jogar na próxima quinta-feira - dia 18 de março - às 19h15min, contra o Cerro-URU, pela Copa Libertadores 2010. O jogo está marcado para o Estádio Atílio Paiva, em Rivera, no Uruguai.
Pelo Gauchão, o próximo confronto do Inter é às 19h30min de domingo, dia 21, contra o Pelotas, no Estádio Beira-Rio.

Fonte: zerohora.com

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade