Grêmio perde para Avaí, mas avança às quartas da Copa do Brasil

Resultado de 3 a 2 classificou a equipe gaúcha, que aguarda o vencedor de Fluminense x Portuguesa.

Por Bruno Quevedo em 22/04/2010

   

nao. (Foto: Ricardo Duarte / clicRBS)
Grêmio perde para Avaí, mas avança às quartas da Copa do Brasil

por Tatiana Lopes

Mesmo com a vantagem da boa vitória no primeiro jogo, o Grêmio enfrentou dificuldades para passar pelo Avaí na Ressacada, na noite desta quarta. Foi derrotado por 3 a 2, mas este resultado classificou a equipe gaúcha para as quartas de final da Copa do Brasil. Na próxima fase, o adversário será Fluminense ou Portuguesa.
Para o Avaí, marcaram Roberto e Laércio, duas vezes. Para o Grêmio, Jonas e Rochemback fizeram os gols.


Avaí domina e abre o placar

O Grêmio entrou em campo com a vantagem de ter vencido o primeiro jogo por 3 a 1. Na Ressacada, o Avaí entrou com um esquema mais ofensivo e foi para cima. Não deixou a equipe tricolor respirar na etapa inicial. Quem mais trabalhou foi o goleiro Victor, fazendo defesas milagrosas. Ele só não conseguiu evitar a cabeçada de Roberto, aos 44 minutos.

Nos primeiros minutos, o Avaí já mostrava que queria o gol de qualquer jeito. Em uma boa tabela entre Batista e Robinho, o último chutou da entrada da área assustando Victor. A primeira chegada do Grêmio foi aos 15 minutos. Douglas fez grande jogada, abriu para Fábio Santos na esquerda e ele lançou para Borges, que completou de cabeça por cima do gol.

Aos 20 minutos, foi a vez de Willian Magrão aparecer bem, chutando uma bola da entrada da área. A pancada quase venceu o goleiro Zé Carlos, que tirou com uma das mãos do cantinho da goleira.

Depois, o Avaí começou a pressionar novamente, até o final do primeiro tempo. A primeira defesa milagrosa de Victor foi aos 28 minutos. Roberto chutou da pequena área e o goleiro tricolor tirou no reflexo. O camisa 1 foi advertido com cartão amarelo por demorar para cobrar os tiros de meta. Fábio Santos também foi amarelado. Foi o terceiro dele.

Aos 37 minutos, Victor fez o segundo milagre. Rafael cabeceou da pequena área e ele conseguiu rebater.

No sexto escanteio do Avaí, saiu o gol que já estava anunciado. A bola sobrou fora da área, foi lançada por Davi, e Roberto completou de cabeça, aos 44. Desta vez, Victor não conseguiu evitar.


Grêmio volta melhor e empata

Para a etapa complementar, o Avaí voltou com Laércio no lugar de Cristian. O Grêmio voltou igual. Foi o time da casa que começou arrancando com a bola em velocidade, mas o Grêmio que teve a primeira chance. Edilson cruzou da direita e Leandro tentou concluir da entrada da área. Mas Rafael se meteu na frente dele para estragar a jogada, aos três minutos e meio.

O Grêmio resolveu jogar mais que no primeiro tempo. Aos seis minutos, Jonas marcou um gol. Mas foi anulado pela arbitragem. O atacante fez falta no marcador na hora de completar de cabeça. Mas, poucos minutos depois, ele fez o dele.

Aos nove minutos, em escanteio cobrado por Douglas, Rodrigo mandou uma bomba na trave. No bate-rebate, a bola sobrou para Jonas, ele matou no peito e soltou uma pancada para empatar a partida. E aí o Grêmio respirou.
Roberto ameaçou o Grêmio aos 20 minutos chutando de fora da área, mas ela desviou e saiu para escanteio. Silas fez mudanças em seguida.

Substituiu Willian Magrão por Rochemback e Leandro por Adilson, dando um pouco mais de marcação ao meio-campo.

Jogo muito disputado

O Grêmio era melhor, mas o Avaí achava seus espaços. Foi num desses que, aos 27 minutos, Roberto conseguiu dar dois dribles em Edilson pela esquerda, cruzou e Laércio só escorou para o gol.

E o jogo voltou a ficar muito disputado. Chances para os dois lados, até que o Grêmio conseguiu igualar o placar novamente com uma bola parada, aos 32. Falta boa perto da área e Rochemback bateu com toda a força que podia.

Acertou uma bomba violenta, quase furou a rede: 2 a 2.
Mais mudanças. No Grêmio, saiu Jonas e entrou Hugo. No Avaí, Emerson Nunes deu lugar a Patric. Antes, Davi já havia saído para a
entrada de Medina.

O Grêmio administrou os minutos finais. E o Avaí ainda tentou o que era já praticamente impossível. Aos 48, Laércio marcou o terceiro do time catarinense, mas não adiantava mais. O apito final aos 49 classificou o Grêmio.

Fonte: zerohora.com

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade