Engenheiros tentarão colocar tampa de concreto para conter vazamento

British Petroleum disse que vai pagar as despesas com limpeza. Equipamento vai ser colocado sobre o maior dos três vazamentos

Por Redação em 04/05/2010

   

nao. (Foto: Divulgação)
Engenheiros tentarão colocar tampa de concreto para conter vazamento

Engenheiros vão tentar colocar uma tampa de concreto a 1500 metros de profundidade sobre a boca do poço do qual está vazando petróleo no Golfo do México.

Na região do Golfo do México era pra ser dia de comemoração, abertura da temporada de pesca. Mas muitos barcos estão atracados.

Os pescadores que estão no mar, ajudam na limpeza das águas, tentando evitar um desastre ambiental.

O presidente Barack Obama cobrou e a British Petroleum disse que vai pagar as despesas com limpeza, os prejuízos dos trabalhadores e, principalmente, os esforços pra conter o vazamento na região onde a plataforma Deepwater Horizon afundou, há quase duas semanas.

Como nem o sistema de emergência nem os robôs tiveram sucesso na tentativa de acionar a válvula que fecharia o poço, os engenheiros da British Petroleum apostam agora numa estratégia que nunca foi testada. Vão usar uma câmara de concreto para tentar conter o petróleo na origem, antes que ele se espalhe pelo Golfo do México.

O equipamento vai ser colocado sobre o maior dos três vazamentos, contendo aproximadamente 85% do petróleo que jorra sem interrupção. O combustível será então bombeado por um duto de 1,5 km e armazenado em navios.

A mancha de triplicou e já mede mais de 200 km. Ventos fortes e águas agitadas atrapalham, principalmente quando levam o óleo na direção das praias e da reserva ambiental no delta do Rio Mississipi.

O mau tempo impede que embarcações pequenas e aviões militares joguem dispersantes, uma espécie de sabão que ajuda na dispersão do óleo.

Pode ser que o óleo pare de vazar sozinho, pode ser que as engenharia dê resultado, mas por enquanto, a previsão de biólogos e ambientalistas é que uma grande catástrofe está se construindo, lentamente, minuto a minuto.


Fonte: g1.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade