Coluna do leitor: sinopse do livro ‘Gêmeas’

Confira a sinopse do livro 'Gêmeas'.

Por Bruno Quevedo em 13/05/2010
nao. (Foto: Divulgação: capa do livro)
Coluna do leitor: sinopse do livro ‘Gêmeas’

Gêmeas - não se separa o que a vida juntou

Autor: Mônica de Castro


A obra traz as histórias das irmãs gêmeas Suzane e Beatriz que, separadas ao nascer, veem seus caminhos entrelaçados por coincidências aparentemente inexplicáveis, mas que levam à compreensão sobre o intrigante e inteligente sistema de leis que regem os nossos destinos

"Ninguém pode separar o que a vida juntou". Essa história nos ajuda a compreender que as nossas ilusões do mundo nos cegam e nos distanciam dos verdadeiros valores da vida. Nossos caminhos se entrelaçam para nos levar à experiências que nos revelam a certeza e a perfeição das leis universais", explica a autora.

No enredo, duas irmãs gêmeas recém-nascidas são vendidas pela mãe e, assim, separadas ao nascer.

O pai das crianças, ao descobrir a negociata, é assassinado ao tentar evitá-la. A trama, a partir dessas fatalidades, é repleta de situações aparentemente eventuais que vão moldando a vida de mãe e filhas até que o inevitável reencontro acontece.

A história, que começa em meados da década de 80, mostra como a
espiritualidade pode interferir em nossa vida terrena e nos ensina que as casualidades, sincronicidades e coincidências nada mais são do que a aplicação das leis cósmicas e perfeitas que Deus criou para nos auxiliar na trajetória da nossa evolução.

A falta de conhecimento sobre a espiritualidade, no entanto, muitas vezes impede que tenhamos uma visão mais real da vida e do quanto ela é generosa, sempre favorecendo o nosso crescimento.

Afinal, a vida colabora com nosso desenvolvimento, mas exige que cada um faça a sua parte.

O livro está a disposição, para empréstimo, na Biblioteca Pública Municipal Alcides Maia.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade