Colete para deixar o visual mais interessante

Peça pode ser usada como acessório e incrementar o que está por baixo

Por Redação em 17/05/2010

   

nao. (Foto: Divulgação)
Colete para deixar o visual mais interessante

Uma maneira simples de deixar um look básico de duas peças mais elegante, mais chique e mais interessante é jogar um colete sobre a parte de cima. Ele voltou à moda na temporada de verão 2009 e desde então se tornou hit nos armários das moças mais descoladas.

Por ter a função de dar graça às produções, o colete pode ser usado como acessório. Ele não é uma peça indispensável na composição do visual, mas está ali para agregar informação de moda e deixar o look mais moderno e divertido. Pode ser colorido, estampado, ter texturas e detalhes diferenciados.

Os modelos também são variados: vale comprido, na altura do quadril, até a cintura ou bem curtinho. Alguns têm a parte da frente mais comprida e a de trás mais curta. Não importa o comprimento, eles são ótimos para fazer o jogo das sobreposições.

Com o que usar
Por ser uma peça roubada do guarda-roupa masculino, o colete permite fazer combinações no estilo masculino-feminino, tão em alta ultimamente. Para isso, procure sempre combiná-lo com blusinhas e camisetas, para um visual descontraído, em vez de camisas, que também são originalmente masculinas.

Colete vai bem com calças jeans, saias, shorts e bermudas e também sobre vestidinhos. Quando usado fechado sobre outra peça, acinturam e marcam as formas do corpo. Uma outra maneira de usá-lo é fechado sem nada por baixo, como se fosse blusa.

Por ter a linha vertical dos botões, o colete parece deixar a pessoa mais alongada. Quando usado aberto, o espaço que forma no centro do corpo alonga ainda mais. É um ótimo truque para quem quer parecer mais magra. Motivos para usar colete não faltam.


Fonte: ig.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade